Gtm

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
Gtm

Description:
QUESTION

Author:
jEU
(Other tests from this author)

Creation Date:
15/06/2017

Category:
Personal
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments:
No comments about this test.
Make a comment?
Login at daypo to comment the test.
Content:
compreende as atividades de natureza administrativa e contábil. gestão de material finalidade da gestão de material gestor de material ordenador de despesas.
controlar os bens da fazenda nacional e fiscalizar a atuação dos agentes responsáveis pela administração ou guarda dos bens, para evidenciar a composição do patrimônio da MB. Finalidade da gestão de material gestão de material ordenador de despesas gestor de material .
quais são os sistemas contábeis existentes SIAFI e os sistemas de controle de material da MB DcOMe os sistemas de controle de material da MB siscom e os sistemas de controle de material da MB Cadbem e os sistemas de controle de material da MB.
A quem compete organizar, internamente a gestão de material, com base na função administrativa exercida e compatível com o grau de autoridade e responsabilidade necessária ao seu desempenho. As OM da MB A DFM A DcOM O Ordenador de despesas .
Quem deve ser comunicado, quando ocorrer alteração de natureza patrimonial. DCoM através de mensagem CCIMAR através de mensagem DFM através de mensagem SISMAR através de mensagem.
- A quem de ser informado por ocasião da implantação ou encerramento da gestoria de material Ao CCIMAR, por mensagem com informação para a DFM. Ao DcOM, por mensagem com informação para a DFM. A DabM, por mensagem com informação para a DFM. Dadm, por mensagem com informação para a DFM.
- Qual é a unidade básica do SISBENF, organizando-se em gestorias que podem ser desdobradas em incumbências e centros de consumo A OM O CADBEM A DcOM SISCOM.
como são classificadas as OM da MB segundo a sua natureza patrimonial segundo a sua natureza do SISBENF segundo a sua ao CADBEM segundo a sua tripulação.
É a denominação utilizada nas OM, que aplicam o material recebido na própria atividade. OMC OMCN OMCI OMCE.
É a denominação utilizada nas OMC que não estão integradas ao SIAFI, tendo em vista não possuírem execução financeira . OMCN OMCI OMCE OMC.
É a denominação utilizada nas OMC que estão integradas ao SIAFI, on line, tendo em vista realizarem execução financeira OMCI OMCN OMCE OMC.
- É a denominação utilizada nas OMC sediadas no exterior que estão integradas ao SIAFI, on line tendo em vista realizarem execução financeira OMCE OMCI OMCN OMC.
- É a denominação utilizada para os órgãos de compra sediados no pais OMA OMC OMCN OMCI.
- É a denominação utilizada para as organizações centralizadora de execução financeira, responsáveis pela aquisição de material das OMCN centralizadas OMAC OMA OMC OMCF.
- É a denominação utilizada para os órgãos de compra sediados no exterior OMCE OMCI OMCN OMA.
- É a denominação utilizada para os órgãos de distribuição que tem a finalidade de armazenar e fornecer o material destinado a outras organizações OMF OMD OMA OMCI.
- É a denominação utilizada para as Om que operam atividades industrial ou hospitalares ou ainda de pesquisa e desenvolvimento de ciência e tecnologia. OMPS OMC OMCI OMA.
Qual a norma que regula os custos das OMPS SGM-304 SGM-301 SGM-303 SGM-302.
É a denominação utilizada para todas as Oms responsáveis por recebimento de material, transferido ou fornecidos para outra organização. OMD OMC OMA OMA.
É a denominação utilizada para todas as OMS que transferem, no todo ou em parte créditos orçamentários e recursos financeiros próprios para as OME ou OMA OMRE OMA OMC OMD .
É a denominação utilizada para todas as OM que efetuam pedidos ao exterior por conta de recursos autorizados pelas OMRE Ou aquelas OM que emitem os às OMPS OMS OMF OMRE OMD.
É a denominação utilizada para os órgãos de direção técnica. OMCON OMRE OMS OMC.
É a denominação utilizada para todos os órgãos extras marinha OREMA OMCE OME OMA.
como se divide a estrutura patrimonial do sisbenf bens de estoque e bens moveis bens de consumo e bens moveis bens de estoque e bens permanentes bens de estoque e bens duraveis.
consiste nos itens de materiais normalmente estocáveis que uma vez utilizados, são consumidos e alterados em suas características ou incorporados de forma definitiva a outro bem de natureza permanente Bens de estoque Bens moveis Bens de consumo Bens duraveis.
como se divide os bens de estoque estoque para consumo, para fornecimento, para fabricação, de manufaturado, de consumo controlado, estoque para consumo, para fornecimento, para fabricação, de manufaturado, de consumo estocaveis, estoque para consumidor, para fornecimento, para fabricação, de manufaturado, de consumo controlado, estoque para consumo, para fornecedor, para fabricação, de manufaturado, de consumo controlado, .
consiste no bem de estoque, que ao ser adquirido pelas OMC, N, I, E, é armazenado no almoxarifado ou no paiol dessas OMS estoque para consumo estoque para manufaturados estoque para fabricação estoque para consumo controlado .
consiste no bem de estoque, adquirido para armazenagem e distribuição pelas OMF ou para complementação da dotação inicial. estoque para fornecimento estoque para consumo estoque para consumo controlado estoque para manufaturados .
-- consiste no bem de estoque, que ao ser obtidos pela OMPS, destina-se a armazenagem no almoxarifado próprio para ser aplicado como matéria prima estoque para fabricação estoque para manufaturados estoque para fornecimento estoque para consumo .
consiste no bem de estoque armazenado das OMPS, e por elas fabricado, para venda às OMC estoque de manufaturado estoque para fornecimento estoque para consumo estoque de fabricação.
consiste no bem de estoque adquirido e controlados pelas OMCON, responsáveis pelo símbolo de jurisdição correspondente material de consumo controlado material de consumo material de manufaturado material de fornecimento.
como se divide os bens moveis material permanente, de consumo duradouro, permanente para fornecimento, permanente para fabricação, permanente controlado estoque para consumo, para fornecimento, para fabricação, de manufaturado, de consumo controlado, estoque para consumo, para fornecimento, permanente para fornecimento, permanente para fabricação, permanente controlado permanente para fornecimento, permanente para fabricação, permanente controlado, de manufaturado, de consumo controlado, .
Consiste no bem móvel que em condições normais, tem duração esperada superior a dois anos. material permanente material de consumo duradouro, material permanente para fornecimento, material permanente para fabricação,.
Consiste no bem móvel que apresenta um acentuado desgaste com o uso, e geralmente não ultrapassa a dois anos de duração material de consumo duradouro material permanente para fornecimento material permanente para fabricação material permanente controlado.
Consiste no bem móvel adquiridos para armazenagem e distribuição pela OMF. material permanente de fornecimento material permanente de consumo duradouro material permanente para fabricação material de permanente controlado.
Consiste no bem móvel que ao ser obtidos pelas OMPS destina-se a aplicação nos serviços. Material permanente para fabricação Material permanente para fornecimento Material permanente de consumo duradouro material permanente.
Consiste no bem móvel adquirido e controlado pelas OMCOM Material permanente controlado Material permanente para fornecimento Material permanente fabricação Material permanente .
Quais são os agentes subordinados. Fiel de material Fiel de suprimento e fiel de armazenagem . Fiel de material Fiel de suprimento e encarregado de incubencia. Fiel de material Fiel de suprimento e fiel de paiol . Fiel de material Fiel de estoque e fiel de armazenagem . .
Toda e qualquer autoridade de cujos atos result emissão de empenho autorização de pagamento suprimento ou dispêndio de recursos da União ou pelos quais esta responda sendo responsável pela gestão de material de sua om. Ordenador de despesa. Comandante Gestor de material Imediato.
-Na Marinha do Brasil quem será o ordenador de despesa Comandante Imediato Cheint Oficial da armada.
-É o Comandante ou diretor da o m que possui a execução de conta de gestão centralizada em uma outra organização militar centralizadora sendo responsável pela emissão exagerada e documentos referentes a atos de sua administração bem como a guarda e a despesa do material sob sua responsabilidade Titular de organização militar centralizada Titular de organização militar Comandante de organização militar centralizada Comandante de organização militar .
-É toda e qualquer autoridade nomeada para auxiliar o ordenador de despesa como o responsável pelo controle fiscalização e acompanhamento rotineiro das atividades de execução financeira e de gestão de material. Agente Fiscal. Ordenador de despesas Gestor de material relator da gestão de material.
Quem será O Agente Fiscal imediato Comandante Cheint Oficial da armada.
São os agentes que realizam as tarefas inerentes as gestões de material da om e estão estreitamente vinculados ao ordenador de despesa de om centralizada Gestor de material Agente fiscal Ordenador de despesas Relator da gestão de material.
- É oficial de qualquer corpo ou quadro ou servidor civil de nivel siuperior ,expressamente designado pelo ordenador de despesa para em nome deste efetuar as verificações necessárias quanto à regularidade da documentação referente à prestação de contas da gestão de material Relator da gestão de material ordenador de despesas encarregado de incumbencia Gestor de mateiral.
É o responsável direto pela ao ordenador de despesa pela Custódia e conservação dos bens patrimoniais que lhe foram confiados. Encarregado de incumbência Responsável a Incumbencia Relator da Gestão de Material Gestor de Material.
Quem poderá ser o encarregado de incumbência oficial ou servidor civil assemelhado ou militar de graduação igual ou superior a Terceiro Sargento ou civil assemelhado oficial ou servidor civil assemelhado ou militar de graduação igual ou superior a segundo sargento ou civil assemelhado oficial ou servidor civil assemelhado ou a Terceiro Sargento ou civil assemelhado oficial ou servidor civil assemelhado ou militar de graduação igual ou superior a Primeirio Sargento ou civil assemelhado.
São militares ou servidores civis assemelhados preferencialmente dois postos ou graduações não inferiores a terceiros Sargentos designados por ordem de serviço Agentes subordinados encarregado de incumbencia agente fiscal relator da gestão de material.
Quais são os agentes subordinados. Fiel de material Fiel de suprimento Fiel de armazenagem Fiel de material Fiel de suprimentação Fiel de armazenagem Fiel de material Fiel de suprimento Fiel de armazem Fiel do paiol Fiel de suprimento Fiel de armazenagem.
É o auxiliar direto dos gestores de material nas atividades inerentes à gestão de material Fiel de material Fiel de armazenagem Fiel de suprimento Fiel de Cav.
É o auxiliar direto dos gestores de material nas atividades inerente ao controle da movimentação de material. fiel de suprimento fiel de material fiel de armazenagem fiel do paiol.
é o auxiliar direto dos gestores de material que para cada almoxarifado tem em estoque sob sua Custódia e responsabilidade os bens patrimoniais para distribuição interna ou para fornecimento aos setores fiel de armazenagem fiel de suprimento fiel de material fiel do paiol.
Quais funções não são acumuláveis Fiel de suprimento e fiel de armazenagem Fiel de suprimento e fiel de material Fiel de material e fiel de armazenagem Fiel de suprimento e fiel do paiol.
-É atividade de caráter administrativo que tem por propósito a supervisão da movimentação de material de qualquer natureza patrimonial nas organizações militares da Marinha do Brasil desde o seu recebimento até a sua destinação final controle patrimonial controle do material fiel do material fiel de armazenagem.
Quais são as movimentações de receita Receita e fases da receita pericia e aceitação devolução e pericia pericia e receita.
Quais são as fases da receita perícia, aceitação, recebimento, devolução e incorporação perícia,receita, recebimento, devolução e incorporação perícia, aceitação, recebimento, receita e incorporação perícia, aceitação, recebimento, devolução e acariação.
Consiste no ato de vistoriar ou efetuar exame técnico detalhado de forma a certificar que o material recebido está de acordo com as características técnicas desejadas pericia aceitação devolução recebimento.
É composto por arquivos manuais ou magnéticos constituídos por fichas ou registros magnéticos de responsabilidade do gestor de material controle de material fiel de material controle de armazenagem controle de suprimento.
Quais são os preços preço de aquisição, preço de mercado, preço médio ponderado, preço reajustado preço de aquisição, preço de mercado, preço inteiro ponderado preço reajustado preço de aquisição preço de mercado preço médio preço reajustado preço de aquisição preço de mercado preço médio inteiro, preço reajustado .
Consiste no ato de certificar que o material Foi recebido em perfeitas condições de aplicação de acordo aceitação pericia devolução incorporação.
Quais são as fases da despesa pelo fornecimento de material Requisição, autorização, exclusão e fornecimento autorização e exclusão e fornecimento Requisição autorização e exclusão e receita Requisição autorização e exclusão epericia.
É a fase que objetiva elaborar a especificação do material a ser redigida em documento origem requisição autorização excusão fornecimento.
Qual fase da despesa pelo fornecimento Consiste na apreciação pelo gestor de material da validade do fornecimento que deverá ser autorizada no próprio documento origem autorização requisição exclusão fornecimento.
-Qual fase da despesa pelo fornecimento de material Consiste no registro de movimentação da despesa no controle do material pelo Fiel de suprimento após autorização do fornecimento pelo gestor de material exclusão requisição autorização fornecimento.
Qual fase da despesa pelo fornecimento de material Consiste na entrega do material pelo Fiel de armazenagem mediante assinatura do emitente do pedido como fornecimento exclusão autorização requisição.
É o preço de aquisição de um bem patrimonial que compreende o somatório de todos os custos Preço de aquisição Preço de mercado Preço reajustado Preço médio ponderado.
Quais são os tipos de inventário inventário anual inventário Inicial inventário especial e inventário rotativo. inventário mensal inventário Inicial inventário especial e inventário rotativo. inventário anual inventário final inventário especial e inventário rotativo. inventário semestral inventário Inicial inventário especial e inventário rotativo.
é o preço para cada nova aquisição que incorporar itens patrimoniais iguais aí tem já estofados com preços diferentes estes deverão ser atualizados mediante apuração. Preço médio ponderado Preço de aquisição Preço de mercado Preço reajustado.
. É destinado a comprovar a quantidade e o valor dos bens patrimoniais existentes no acervo das om em 31 de Dezembro de cada exercício Inventário anual Inventário especial Inventário inicial Inventário mensal.
É realizado quando da implantação de uma gestor ia para identificação e Registro inicial dos bens sob a sua responsabilidade. Inventário inicial Inventário anual Inventário especial mensal.
É o realizado por iniciativa do ordenador de despesas por término de gestão no caso de desarmamento ou extinção da organização militar ou por ocasião da tomada de contas especial. Inventário especial Inventário anual Inventário inicial mensal.
Quais são os tipos de documentos de registro. nota de movimentação de material, ficha de controle de estoque, ficha de armazenagem. nota de movimentação de material, ficha de controle de paiol, ficha de armazenagem. nota de movimentação de incumbencia, ficha de controle de estoque, ficha de armazenagem. nota de movimentação de material ficha de controle de estoque ficha de cautela. .
É o documento que valida a escrituração das movimentações no controle patrimonial das organizações militares nota de movimentação de material ficha de controle de estoque ficha de armazenagem cautela.
É um instrumento de registro dos documentos de origem das movimentações do material e Com acompanhamento dos níveis de estoque devidamente organizadas por conta patrimonial e contendo as informações básicas do modelo constante ficha de controle de estoque ficha de armazenagem ficha de controle de material ficha de estocagem.
Quais são os tipos de documentos de controle. Inventário, demonstrativo de movimentação de material, relatório de movimentação de material e cautela. Inventário inicial, demonstrativo de movimentação de material, relatório de movimentação de material e cautela. Inventário especial, demonstrativo de movimentação de material, relatório de movimentação de material e cautela. Inventário, demonstrativo de movimentação de material, relatório de movimentação de estoque e cautela.
É o documento de controle utilizado nas verificações dos saldos de estoque nos almoxarifados e dos bens móveis em uso nas organizações militares inventário inventario inicial inventario especial inventario final.
. É o documento de controle elaborado extraídos do Sistema de Controle de material de acordo com o modelo e instruções para preenchimento com estante. demonstrativo de movimentação de material inventario cautela nota de movimentação de material.
. É o documento de controle elaborado e extraído do Sistema de Controle de material que discrimina os tipos de entrada e saída de bens Relatório de movimentação de material. demonstrativo de movimentação de material. cautela nota de movimentação de material.
É o documento de controle do encarregado incumbência Para comprovar a entrega do material de sua carga que está sob a responsabilidade temporária de outro servidor cautela inventario demonstrativo de movimentação de material nota de movimentação de material.
Cite três tipos de documento de origem pedido de material ,nota de movimentação de material e nota de empenho Pedido de material nota de movimentação de material e cautela Pedido de material cautela e nota de empenho Pedido de serviço nota de movimentação de material e nota de empenho .
Quais são os sistemas de controle de material da Marinha admitidos pelo SISBENF sismat da dfm e singra da dabm sistocque da dfm e singra da dabm sismat da dfm e cadbem da dabm sistoque da dfm e cadbem da dabm .
sistema padronizado de processamento de dados estabelecido e mantido pela de DFM para utilização obrigatória no registro e controle de movimentação do material das OMCN, i, E e OMPS. SISMAT SISTOQUE CADBEM SINGRA.
Sistema de processamento de dados estabelecido e mantido pela de DabM para registro e controle da movimentação de material das OMF. singrar sismat sistoque cadbem.
Sistema de Controle de material controlado pela base de hidrografia da Marinha. Folha N cadbem folha de movimentação sistoque.
é um material em excesso que embora em perfeitas condições de uso não esteja sendo aproveitado ou não tem aplicação nas organizações militares ou na marinha Material ocioso Material recuperável material antieconomico material inservivel.
É o material que embora em condições precárias de uso é possível sua recuperação material recuperável material ocioso material antieconômico material inservivel.
é aquele em virtude do ongo tempo de uso, apresenta rendimento precario e desgaste prematuro material antieconomico material ocioso material recuperavel material inservivel.
é aquele que não possa mais ser utilizado para o fim que se destina, em razão da inviabilidade de recuperação pela perda de suas caracteristicas originais material inservivel material ocioso material recuperavel antieconomico.
Cite três tipos de modalidades de destinação definitiva de material Redistribuição, transferência e alienação Redistribuição, transferência e cautela Distribuição, transferência e alienação Redistribuição,cautela e alienação.
Como deverá ser desdobrada a organização da gestão de material das omc.n.i.e Incumbências e centro de consumo Incumbências e gestorias Incumbências centro de controle Incumbências centro de comercial .
Quem deverá ser o gestor patrimonial. O encarregado da divisão O gestor de material O ordenador de despesas O cheint.
. A qual divisão será atribuída as atividades inerentes à gestão de material nas organizações militares onde não estiver prevista a divisão ou seção de material divisão de serviços gerais divisão de intendência divisão de prefeitura divisão de maquinass .
. E o sistema de processamento eletrônico de dados desenvolvido e administrado pela dfm onde será registrado o controle e a movimentação do material das os omc. sismat sistoque cadbem singra.
Como é composto o sismat pelo sistoque e o cadbem e modulos de apoio pelo sistoque e o singra e modulos de apoio pelo cadbem e o singra e modulos de apoio pelo singra e o siaf e modulos de apoio.
Report abuse Terms of use
By using daypo, you agree that we and our partner companies can define cookies for different purposes, such as customize the content and advertising. To change the settings or more information: cookie policy.