tecoxe -04mm and 83mm

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
tecoxe -04mm and 83mm

Description:
First test

Author:
i am
(Other tests from this author)

Creation Date:
21/08/2017

Category:
Others
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments:
No comments about this test.
Make a comment?
Login at daypo to comment the test.
Content:
Tem como objetivo auxiliar o pessoal de bordo no reparo, na identificação dos componentes e na manutenção da instalação do míssil Exocet Organização Documental Documentação organizacional Organização geral Documentação específica.
Organização Documental do Míssil Exocet, esta dividida em quantas secções 6 4 8 7.
A Organização Documental do Míssil Exocet, esta dividida em 06 (seis) secções a saber(MARQUE TODAS AS OPÇÕES CORRETAS) Descrição Operação Uso Manutenção preventiva Manutenção corretiva e análise dos sobressalentes Nomenclaturas Demanda Prioridades Aspecto Funções.
Tipos de lançamentos Helicóptero Navios e Terra Submarinos.
Características do Míssil MM 40 alcance e Tipo MM 38 alcance e Tipo Velocidade de voo MM 40 - Altitude de voo MM 38 - Altitude de voo Distancia emissão do radar do Míssil (D1):MM 38 Distancia emissão do radar do Míssil (D1):MM 40.
Primeira fase de voo do Míssil Inercial Controlada pela cabeça diretora Padrão Lançamento Adaptação.
Segunda fase de voo do Míssil Inercial Controlada pela cabeça diretora Padrão Lançamento Adaptação.
Na primeira fase de voo, o Míssil mantém a sua trajetória, baseado em? Dados do alvo inseridos por bordo TI Próprio Radar Marcação relativa do alvo.
Na segunda fase de voo, o Míssil mantém a sua trajetória, baseado em? Dados do alvo inseridos por bordo TI Próprio Radar Marcação relativa do alvo.
Tipos de instalações para o lançamento do Míssil (MARQUE AS OPÇÕES CORRETAS) ITS Padrão ITS 38/40 ou ITS 40 ITL 8 ITS 8 ITL 38/40 ou ITL 40.
O tipo de instalação para a realização de lançamento do Míssil Exocet que chegou ao Brasil nas fragatas E/G era do tipo ITS padrão ITL 8 ITS 38/40.
analógica e exclusiva para o lançamento do Míssil MM 38 ITS padrão ITL 8 ITS 38/40.
As Fragatas E/G a época tinham a capacidade para realizarem o lançamento de até quantos Mísseis 4 8 2 6.
As Fragatas E/G a época tinham a capacidade para realizarem o lançamento de até quantos Mísseis por cada bordo? 4 8 2 6.
Esse tipo de instalação surgiu através de algumas adaptações (modtec) que foram realizadas na ITS Padrão ITS 38/40 ITS Padrão ITL 8.
propósito de habilita-la a realizar o lançamento tanto do Míssil MM38 como do MM40. ITS 38/40 ITS Padrão ITL 8.
Essa instalação também é conhecida como ITS 40. ITS 38/40 ITS Padrão ITL 8.
Modificações que foram realizadas na ITS Padrão com o objetivo de habilita - lá a efe- tuar o lançamento do Míssil MM40 Adaptação de uma gaveta de carga em substituição a gaveta de adaptação. A Instalação de uma unidade de travamento, esta, imprescindível para a realização de lançamento do Míssil Exocet MM 40 Adaptação de uma gaveta de carga em substituição a gaveta de sustentação. A Instalação de uma unidade de impulso, esta, imprescindível para a realização de lançamento do Míssil Exocet MM 40.
veio a substituir a gaveta de adaptação da unidade central, fins, possibilitar o dialogo especifico da instalação com o Míssil, uma vez que, a ITS é do tipo analógica e o Míssil MM 40 é do tipo digital. Gaveta de carga Gaveta de sinais Gaveta central Gaveta de adaptação.
É o tipo de instalação exclusiva para a realização do lançamento do Míssil MM 40. Atualmente encontramos esse tipo de instalação nas Corvetas e nas Fragatas Classe Niterói modernizada. ITL 8 ITS 38/40 ou ITS 40 ITS Padrão.
Pode ser instalada em qualquer navio independente da sua tonelagem ITL 8 ITS 38/40 ou ITS 40 ITS Padrão.
Permite o lançamento rápido de 8 (oito) Mísseis ITL 8 ITS 38/40 ou ITS 40 ITS Padrão.
É do tipo digital ITL 8 ITS 38/40 ou ITS 40 ITS Padrão.
Quantidade de fontes componentes da ITL 8 9 8 12 6 5.
O painel de comando do Míssil fica situado no? COC CANCOC RANCHO CELMA PAIOL DO MESTRE.
O painel de comando do Míssil é composto de quantas unidades funcionais? 4 8 9 7 5.
É o único local destinado a dá a partida no sistema através do botão ON/OFF Painel de comando COC Modo local Modo remoto.
O sistema leva quantos segundos para dá o pronto? 5 4 3 6.
O sistema leva 5 (cinco) segundos para dá o pronto, ou seja, iniciar a primeira fase, esse tempo é reservado para ? Estabilização das tensões Estabilização das correntes Estabilização dos síncronos Estabilização dos motores de partida.
O ciclo de funcionamento do Painel de Comando para executar uma determinada tarefa necessita de 64 68 32 34 62.
O dialogo entre o Painel de Comando, gaveta de computação e as gavetas seqüenciadoras da unidade central, ocorrem Paralelamente Simultaneamente Consequentemente Uniformente Elegantemente.
O dialogo entre o Painel de Comando, gaveta de computação e as gavetas seqüenciadoras da unidade central, ocorrem simultaneamente, via quantas linhas de transmissão 3 2 4 6 9.
O dialogo entre o Painel de Comando, gaveta de computação e as gavetas seqüenciadoras da unidade central, ocorrem simultaneamente, via duas linhas de transmissões do tipo link B - DIGITAL A - B DIGITAL A - B ANALÓGICO B - DIGITAL A - ANALÓGICO.
O painel de comando possui quantos canais de comunicações de controle dos Mísseis canais: A, B , C e D? 4 3 6 8.
Funções do painel de comando: Determinar o modo de operação do sistema, através da chave ação/teste V F.
Funções do painel de comando: Determinar o modo de operação do sistema, através da chave ignição V F.
Fases de lançamento Alimentação da instalação preparação pontaria fogo operação.
Modo de operações do sistema quando o lançamento for real Ação Teste Operacional Continuo.
Modo de operação quando estamos realizando testes com a instalação. Ação Teste Operacional Continuo.
cada canal de comunicação controlam quantos Mísseis. 2 1 4 8.
Equipamento que é conectado a instalação, com o objetivo de possibilitar o teste dos canais de comunicação. Valise de teste Simulador Joystick Painel de controle.
Para a realização de teste da instalação é necessário a utilização de um(a) ? Valise de teste Simulador Joystick Painel de controle.
A instalação com a Valise de teste conectada , fornecerá para o sistema qual informação? Míssil presente Míssil seguro Míssil em controle Míssil pronto .
Entretanto com esta chave na posição de teste, sem a valise de teste conectada na instalação, a lâmpada indicadora de Míssil presente permanecerá apagada, impossibilitando assim a realização dos testes. V F.
Entretanto com esta chave na posição de ação, com a valise de teste desconectada na instalação, a lâmpada indicadora de Míssil presente permanecerá apagada, impossibilitando assim a realização dos testes. V F.
Lâmpada botão IGNITER/BOOST SAFE, esta lâmpada somente deverá acender na cor verde vermelha amarela ambar.
Esta chave possui duas posições: NO ( sem ) RANGE e WITH ( com ) RANGER, e tem como finalidade, informar ao sistema o modo o qual esta sendo enviada/determinada a distancia do alvo para o sistema. Seletora de distância Seletora de marcação Seletora de ponto Seletora de modo.
Toda vez que o radar de navegação não for capaz de determinar a distancia do alvo com precisão, o operador do console, por determinação do EGA, deverá posicionar a chave em qual modo para fazer a introdução da distancia manualmente. No ranger With Ranger.
Faz parte do painel de comando, e fica localizado no lado direito do painel, e tem como objetivo apresentar o sinal de Míssil voando como visualizar toda sequencia de lançamento. Módulo de sequencia Módulo de operação Módulo de preparo Modulo de disparo.
Fases de lançamento segunda fase primeira fase terceira fase quarta fase .
Durante o processo de aquecimento, a Magnetron passa por quantos tipos de aquecimento 2 4 3 5.
Ocorre com a aplicação de uma voltagem de 17 volts AC Aquecimento rápido Aquecimento lento Aquecimento normal Aquecimento contínuo.
Aquecimento que ocorre por um período de 57 segundos Aquecimento rápido Aquecimento lento Aquecimento normal Aquecimento contínuo.
Com a aplicação de uma voltagem de 12,5volts AC no filamento da Magnetron ,mantém a mesma aquecida. Aquecimento rápido Aquecimento lento Aquecimento normal Aquecimento contínuo.
Essa troca de tensão de 17 volts AC para 12,5 volts AC é feita por um Transformador Retificador Alternador Prontificador Liquidificador.
Tem como propósito preparar a instalação, de modo a poder realizar o primeiro lançamento em 1 minuto e os demais lançamentos em fração de segundos. Aquecimento rápido Aquecimento normal Aquecimento lento Aquecimento quente.
unidade é utilizada para travar e destravar o míssil Unidade de travamento Unidade de bloqueio Unidade de trancamento Unidade bloqueada.
Como o Míssil chega a bordo dentro de seu tubo,com o objetivo de evitar que durante o seu manuseio alguma avaria seja gerada? Travado Bloqueado Trancado Com senha.
No final da fase de aquecimento da instalação o Míssil é destravado desbloqueado descomprimito resfriado.
Caso o alvo esteja dentro do setor de fogo,é gerado pelo sistema o sinal de A.ARC OPEN A. ARC CLOSE A. ARC NOÉ A. ARC SAFE.
Na fase de pontaria, o Míssil é novamente travado, para que sejam realizados dois testes internos e depois é novamente destravado. V F.
Na fase de pontaria, o Míssil é novamente destravado, para que sejam realizados dois testes internos e depois é novamente travado. V F.
No painel de comando qual botão é responsável para a realização do disparo do Míssil? Start Fire Gun safe Gun select.
O botão FIRE somente deverá ser calcado pelo operador do console por determinação do ? Chefe Rancheiro Cheop Ega Imediato Cheint.
É oportuno salientar que o botão FIRE, somente habilitará o disparo do Míssil, quando acender na cor Rosa Verde Amarelo Vermelho Ambar.
Sinal necessario para o acendimento do botão de fogo, na cor verde e para a liberação do missil após o FIRE ATD OK MST PMDB PT.
Qual sinal esta condicionado ao jogo do navio ( balanço, caturro e guinada), uma vez que, o missil só deverá deixar o lançador quando esses sinais forem nulos? ATD ASD MST PMDB MISS FIRE.
Nas Fragatas F42 e F43 (EG) os lançadores são do tipo duplos na horizontal, um a BB em 320° e outro a BB em 040° duplos na vertical, um a BB em 320° e outro a BB em 040° quadruplos a BB e a BE no angulo de 45 ° na vertical/inclinado duplos a BB e a BE no angulo de 45 ° na vertical/inclinado.
Nas Corvetas e nas Fragatas (exceto F42 e F43) os lançadores são duplos na horizontal, um a BB em 320° e outro a BB em 040° quadruplos na vertical, um a BB em 320° e outro a BB em 040° quadruplos a BB e a BE no angulo de 45 ° na vertical/inclinado duplos a BB e a BE no angulo de 45 ° na vertical/inclinado.
Enumeração dos Mísseis Mísseis de BB Mísseis de BE.
Faz parte do lançador e destina-se a prender o Míssil no lançador. Berço Suporte Base Bloco.
O Míssil MM 40 chega a bordo no interior de? um tubo um container uma caixa um bloco.
O Míssil MM 38 chega a bordo no interior de? um tubo um container uma caixa um bloco.
O Míssil MM 38 é preso ao berço por meio de cintas metálicas quatro sapatas soldas peação.
O Míssil MM 40 é preso ao berço por meio de cintas metálicas quatro sapatas soldas peação.
É um equipamento que somente existe nas ITS, e fica localizado próximo do lançador (plataforma de lançamento). Bloco girométrico Bloco de lançamento Bloco de apoio Bloco de concreto.
Tem por finalidade gerar o sinal ATD juntamente com a gaveta BTD Bloco girométrico Bloco de lançamento Bloco de apoio Bloco de concreto.
É gerado através da medição do sinal representativo do balanço angular do navio (caturro, balanço e guinada), o qual determinará o momento exato em que o míssil deixará o lançador. BTD ATD ITS ATL.
Tem a finalidade de determinar a seqüência cronológica de lançamento. Caixa de sequencia Caixa de junção Caixa de munhões Caixa de reles.
No interior do tubo de armazenamento do Míssil, existe uma válvula , utilizada para a verificação da pressão interna do tubo, qual o nome dessa válvula? válvula de pressurização Válvula de pressão Válvula de aferição de pressão Válvula termostato.
Nos navios onde esta instalada a ITL 8 os Mísseis por ocasião do lançamento, saiem do lançador pelo bordo contrário, daquele selecionado no painel de comando. V F.
Unidades componentes da ITS (MARQUE AS OPÇÕES CORRETAS) Duas caixas de Junção (BE/BB) Caculador de mudanças de coordenadas Duas fontes de alimentação de 27V (BE/BB) Monitor de controle Conversor de tensão.
São em numero de duas, uma para BB e outra para BE, e tem como função conectar o Míssil a instalação Caixa de junção Painel de comando Monitor de performance Cordão umbilical.
Esta unidade é o cerne do sistema e por ela será processado todos sinais oriundos do painel de comando. Unidade central Unidade principal Unidade única Unidade de processamento.
A unidade central é composta por quantas gavetas 7 6 4 8.
É composta por sete gavetas, uma gaveta na horizontal e seis gavetas na vertical Unidade central Unidade principal Unidade de comando Unidade unitária.
Distribui para o Míssil os sinais de: direção e distancia do alvo, velocidade do navio lançador e alvo no setor de fogo. Calculador de mudanças de coordenadas Calculador de rumo Calculador de mudanças de velocidade Calculador de ângulo Calculador de mudanças de ângulo.
O conversor de frequencia é alimentado com qual voltagem , da saída de um transformador abaixador, que recebe 440 Vca do navio? 146/60hz 3f 115/60hz 3f 110/60hz 3f 146/30hz 3f.
Ao ser dado a partida no sistema, essa tensão de 146/400Hz 3f, é retificada e filtrada, para manter os ______ estabilizado, para alimentar a instalação. 146/60hz 3f 115/60hz 3f 115/400hz 146/400Hz 3f.
Tem por função gerar e distibuir 115v, 400 Hz, 3f a partir do 440 Vca, 60 hz, 3f do navio, sua reite é de 2.5 Kva necessários para alimentar o sistema Transformador de frequencia Gerador de frequencia Conversor de frequencia Comutador de frequencia.
Tem como finalidade destravar o Míssil no final da fase de aquecimento e travar e destravar o Míssil no final da fase de pontaria Unidade de travamento (LOCK UNIT) Unidade de bloqueio (LOCK UNIT) Unidade de cancelamento (LOCK UNIT) Unidade de fechamento (LOCK UNIT).
Gavetas componentes da Unidade central (MARQUE TODAS AS CORRETAS) Gaveta de controle/MAR Gaveta de computação Gaveta sequenciadora de esquerda Gaveta sequenciadora da direita Gaveta de comutação Gaveta de monitoramento Gaveta de distribuição.
Circuito de aquecimento, essa unidade possui um circuito de aquecimento alimentado com 115V, 60 Hz 115V, 30 Hz 110V, 60 Hz 115V, 30 Hz .
tipo de transformador que é alimentado com 115 400 3f, fica localizado no interior da Unidade Central e possui a razão de 1.1. Abaixador Elevador Retificador Leblanc.
tipo de transformador que possui duas saídas de 115/400 hz, uma com uma (1) fases e uma outra com duas (2) fases, necessários para alimentar o sistema. Abaixador Elevador Retificador Leblanc.
Tem como uma das suas finalidades, controlar e distribuir toda a alimentação para o sistema. Gaveta de controle/painel e controle/MAR Gaveta de computação Gaveta sequenciadora da esquerda Gaveta sequenciadora da direita.
Gaveta de computação: Pulso de entrada na gaveta TC (TEC). Cartão 263 TEC 1 TEC 8 .
Tem por característica, medir angulos e distancia, e ao trecar o alvo, faz simultâneamente o Track, em marcação e distancia. Radar (ADAC) Radar (SCANTER) Radar (RTN-30 X) Radar (RTN-10 X).
O EOG Tem como objetivo calcular e distribuir através dos seus tres canais (yaw, roll e pitch) as ordens de governo para as superfícies de controles ou alhetas do Míssil. yaw roll pitch.
Tipos de reparos no sistema 1º e 2º escalões 3º escalão 4º escalão.
Report abuse Terms of use
By using daypo, you agree that we and our partner companies can define cookies for different purposes, such as customize the content and advertising. To change the settings or more information: cookie policy.