Biologia

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
Biologia

Description:
modulo 2

Author:
AVATAR

Creation Date:
11/07/2018

Category:
Others
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments
No comments about this test.
Content:
Os inúmeros métodos de preservação e embalagem do material têm como proposito evitar que O CONSUMIDOR NÃO tenha a decepção de verificar que o item está avariado. verdadeiro falso.
o material necessário às diversas atividades da marinha, na paz ou na guerra, deve chegar a seus utilizadores em condições de ser empregado imediatamente. verdadeiro falso.
VANTAGENS OFERECIDAS PELOS MÉTODOS DE PRESERVAÇÃO E EMBALAGEM: Fornecer proteção eficiente e econômica aos suprimentos contra danos causados pelo meio ambiente e outros agentes. Assegurar longo tempo de vida e a sua disponibilidade para o uso, pela preservação contra a deterioração. Facilitar o recebimento, a estocagem, a movimentação, o transporte e o fornecimento, com embalagens seguras e padronizadas. Facilitar o transporte de suprimentos destinados as OMs. Assegurar a preservação da embalagem contra agentes nocivos e mal tempo.
A escolha do método adequado basear-se no conhecimento das características da embalagem e das condições de transporte, manuseio e armazenagem. verdadeiro falso.
Um item a ser fornecido pelo DepMEMRJ a um navio sediado no RJ precisa sofrer o mesmo preparo de outro, igual, a ser remetido por aquele Depósito à BNVC, em Belém verdadeiro falso.
SE REFERE A APLICAÇÃO OU USO DE MEDIDAS PROTETORAS ADEQUADAS PARA EVITAR DETERIORAÇÃO (causada por: poeira, umidade, micro-organismos, etc.), medidas, essas que incluem, o uso apropriado de preservativos, invólucros, protetores internos (que constituem o "acolchoamento"), calços, etc, em contato direto com o material.
Se refere à ação de acondicionar o item (já embalado individualmente) em um recipiente externo, para sua proteção, durante a movimentação, contra os "PERIGOS MECÂNICOS" e as "AMEAÇAS CLIMÁTICAS.
É basicamente, um invólucro ou recipiente destinado a acondicionar mercadorias ou objetos.
"EMBALAGEM" é basicamente, um invólucro ou recipiente destinado a acondicionar mercadorias ou objetos com a finalidade de: proteger conter embalar empacotar permitir o tranporte facilitar o transporte permitir o armazenamento.
A técnica de preservação e embalagem evolui constantemente. verdadeiro falso.
AS EMBALAGENS INDIVIDUAIS SOMENTE DEVEM SER ABERTAS NA OCASIÃO DO USO DOS ITENS e para que não se perca a proteção do material por simples curiosidade ou inadvertências. verdadeiro falso.
SOMENTE DEVEM SER ABERTAS NA OCASIÃO DO USO DOS ITENS.
TÉCNICAS DE ACOLCHOAMENTO - USO DE ALMOFADAS ALMOFADA RECORTADA ALMOFADA MOLDADA ENVOLVIMENTO COMPLETO ALMOFADA PARA CANTOS ANINHAMENTO.
Podem ser reconhecidos os seguintes tipos de embalagens: EMBALAGEM PRIMÁRIA EMBALAGEM SECUNDÁRIA EMBALAGEM DE CONSUMO EMBALAGEM INDUSTRIAL EMBALAGEM DE TRANSPORTE.
É o dispositivo de acondicionamento usado dentro das indústrias (ou entre elas) para transporte e estocagem de materiais em processo ou produtos finais. Ex.: rack, pallets, cestos, metálicos, etc. .
O conjunto de embalagem primária e secundária é conhecido por?.
Os principais fatores a considerar na escolha do método de preservação, embalagem e do tipo de empacotamento a ser empregado são:.
Método de PROTEÇÃO: Resistência à abrasão, a impactos e à compressão é obtida com o uso de madeira, metais, papelão corrugado e espumas plástica. Proteção contra umidade é proporcionada por alguns metais, vidros e plásticos. Impermeabilização contra a gordura, a contaminação, os gases e os odores consegue-se com o uso de metal, vidro e plásticos (exceto com o polietileno). a defesa contra a corrosão, os ácidos e os álcalis obtém-se com emprego de vidros e metal. Proteção contra a ação de produtos químicos. resistência a poeira, calor, animais daninhos e chuva.
Resistência à abrasão, a impactos e à compressão é obtida com o uso de: isopor, madeira, almofada corrugada e espumas plástica madeira, metais, papelão corrugado e espumas plástica. madeira, metais, almofada corrugada e espumas plástica isopor, metais, papelão corrugado e espumas plástica.
Proteção contra umidade é proporcionada por alguns: metais, vidros e plásticos. isopor, vidros e papelão. metais, isopor e papelão. isopor, papelão e plásticos.
Impermeabilização contra a gordura, a contaminação, os gases e os odores consegue-se com o uso de: metal, vidro e plásticos. almofadas, vidro e tecido. tecido, querosene e plásticos. almofadas, querosene e tecido.
A defesa contra a corrosão, os ácidos e os álcalis obtém-se com emprego de: oxigênio e metal. vidros e metal. vidros e oxigênio aço e ferro.
FATORES A CONSIDERAR NA ESCOLHA DA EMBALAGEM: grau de proteção necessário custo, destino e disponibilidade possibilidade de reutilização facilidade de montagem e fechamento facilidade de montagem e abertura tipo de carga peso e volume modalidade de transporte características do item tipo de utilização.
Além do preço da embalagem propriamente dita, deve ser considerada a possibilidade de sua reutilização (embalagens recuperáveis como os TAMBORES DE METAL), a dificuldade de violação, etc. .
Devem ser examinados o sistema de transporte a utilizar, as condições de carga e descarga, o número de transbordos, as condições de movimentação (manual ou mecânico), etc.
é a união do oxigênio com o ferro ou com o aço, produzindo a oxidação, que é vulgarmente chamada de “FERRUGEM”.
o oxigênio é o único elemento a intervir na oxidação, já que, quase sempre, o fenômeno se dá pela presença da umidade. verdadeiro falso.
A ação da água combinada com o oxigênio é eletrolítica, constituindo a água a célula eletrolítica que possibilita a troca de elementos entre o oxigênio e o metal. verdadeiro falso.
Com a eliminação da umidade (e da ação elétrica), elimina-se, normalmente, a ação química, que depende da umidade para se tornar efetiva. verdadeiro falso.
Alguns metais se corroem mais facilmente que outros. O ferro e o aço são metais mais atacados. Em compensação, o níquel resiste à corrosão e, por isto, é usado como liga para produzir o aço inoxidável. verdadeiro falso.
O zinco, o alumínio e o magnésio corroem-se rapidamente em contato com o oxigênio. verdadeiro falso.
OPERAÇÕES COMPREENDIDAS NA PRESERVAÇÃO E EMBALAGEM: 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª.
Antes de aplicar o método de preservação, é essencial. A preservação dos Itens A limpeza dos Itens O empacotamento dos Itens A marcação dos Itens.
A melhor proteção torna-se praticamente inútil se aplicada sobre uma superfície contaminada. Deve-se eliminar dessa superfície todas as substâncias contaminados ou corrosivas pela limpeza e secagem, antes de aplicar o revestimento protetor. verdadeiro falso.
Para se obter um beneficio razoável de qualquer camada de preservativo, deve haver, sobre o revestimento, resíduo de sujeira que possa causar corrosão. verdadeiro falso.
como ocorre o processo que produz a oxidação? união do oxigênio com o ferro ou com o aço. união da água com o ferro ou com o aluminio. união do oxigênio com o níquel ou com o aço. união da água com o ferro ou com o aço.
são resíduos de sujeira bastante encontrados nas superfícies dos materiais (qualquer partícula estranha a composição à composição das peças), os quais causam a corrosão: RESÍDUOS SALÍNICOS DE TRATAMENTO POR CALOR. suor proveniente do manuseio. compostos de polimento e pulverização. resíduo de solda ou de abrasivos. resíduos metálicos de máquinas, tornos, etc. poeira e depósitos químicos, particularmente aqueles corrosivos atmosféricos. resíduos de tintas e soluções de marcação. resíduos de tinta e oléo. compostos de produtos químicos. areia, oxigênio e a maresia do mar.
A necessidade de limpeza rigorosa antes da aplicação da tinta é um fato bem conhecido de todos. A mesma lógica deve ser utilizada quando da aplicação de produto contra a corrosão. verdadeiro falso.
Mesmo que as peças apresentem um aspecto razoável de limpeza, traços de resíduos corrosivos se combinarão, eventualmente, com a umidade existente no ar ou com o próprio material da embalagem que o envolve, causando a ferrugem. verdadeiro falso.
há um método geral de limpeza que atenda à condição própria de cada superfície antes de ser aplicado o preservativo. verdadeiro falso.
A escolha de um método de limpeza dependerá dos seguintes pontos: 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º.
Após a limpeza, faz-se a secagem completa do item a ser preservado, a fim de remover a umidade e resíduos do material de limpeza. Esta secagem é feita, normalmente, por meio de "AR COMPRIMIDO OU RAIOS INFRAVERMELHOS". Somente quando NÃO for possível usar estes métodos é que se faz a SECAGEM COM PANOS, POR FICÇÃO. verdadeiro falso.
Os panos empregado para a secagem deve estar completamente livre da umidade, de óleo e de qualquer impureza. verdadeiro falso.
Quando necessário secar por fricção, o pano utilizado deve estar limpo e seco, evitando-se também deixar fiapos na superfície seca. verdadeiro falso.
A SECAGEM POR FICÇÃO deve ser executada em duas etapas sucessivas: a primeira a segunda .
A escolha e aplicação do preservativo adequado para cada caso é uma necessidade de extrema importância para a correta proteção do material durante o recebimento e expedição. verdadeiro falso.
A aplicação de um preservativo inadequado pode inutilizar por completo o material. verdadeiro falso.
o ACOLCHOAMENTO consiste na proteção dos itens contra os DANOS FÍSICOS E MECÂNICOS, pela utilização do material compreensível e elástico destinado a absorver a energia dos choques e vibrações causadas por FORÇAS EXTERNAS. Esses danos são: compressão vertical no empilhamento. quedas nas movimentações. choques, nas paradas bruscas de veículos, caminhões e vagões. vibrações gerada na movimentação de veículos, inclusive nas operações de estocagem. perfurações. peso e volume inadequados. má utilização das embalagens.
correlacione. EMBALAGEM INDIVIDUAL EMPACOTAMENTO OU ACONDICIONAMENTO MARCAÇÃO.
a "MARCAÇÃO" - Colocação das informações necessárias para identificação do material deve ser feita: no próprio item. na embalagem individual. no recipiente externo. no empacotamento do produto. no recipiente interno.
QUANTO À PRESERVAÇÃO, O MATERIAL É CLASSIFICADO COMO?.
Duas das vantagens do ACOLCHOAMENTO é que: MINIMIZA A TREPIDAÇÃO e PROTEGE OS ITENS FRÁGEIS. verdadeiro falso.
Tipos de ALMOFADAS preparadas com PAPELÃO CORRUGADO: simples dupla múltipla dobradas cantos dobrados rolo travesseiro moldada.
correlacione MATERIAL ORGÂNICO MATERIAL INORGÂNICO.
fatores que podem causar danificação: Vidros, Quartzo e Silicatos Borracha.
Metais - os metais podem ser danificados pelos seguintes fatores: Deterioração corrosiva Deterioração física.
fatores que podem causar danificações: Plástico Óleos e graxas Madeiras Tecidos.
São os DETERGENTES E DISSOLVENTES mais empregados para a limpeza de itens: Dissolventes derivados do petróleo - são os menos tóxicos; dissolventes derivados do alcatrão; dissolventes à base de cloro; soluções alcalinas quentes; e soluções alcalinas contendo sabão. verdadeiro falso.
Quais são os DISSOLVENTES menos tóxicos?.
A preservação consiste em seis (5) métodos básicos. verdadeiro falso.
Os artigos assim preservados, devem ser de tal natureza que proporcionem facilidade de remoção do preservativo por meio de dissolventes comuns. Usualmente, papel, tecido, borracha sintética e plástico. NÃO podem ser submetidos a esse método (MÉTODO "I“- PRESERVAÇÃO CONTRA CONTATO ), borracha, couro e cortiças. verdadeiro falso.
MÉTODO " I “- PRESERVAÇÃO CONTRA CONTATO Aplica-se este método à preservação de peças de reparo e de equipamentos, cuja natureza e constituição oferecem facilidade de aplicação do preservativo por imersão, pulverização e aplicação. verdadeiro falso.
O efeito de deterioração dos componentes de petróleo sobre a borracha sintética, apresenta-se em maior escala; mesmo assim, deve-se evitar a aplicação destes componentes sobre esse tipo de material. verdadeiro falso.
MÉTODO " I “- PRESERVAÇÃO CONTRA CONTATO Solventes penetram igualmente em cortiças, couro e papel, causando protuberância ou desintegração. Se aplicado em material plástico, pode tornar a superfície desse material opaca, manchada ou retorcida. Este método é essencialmente aplicável a superfícies METÁLICAS. verdadeiro falso.
MÉTODO "IA" - INVÓLUCRO A PROVA D’ÁGUA E DE CONDENSAÇÃO Este método quando for necessário, também serve para preservação contra CONTATO. Destina-se, este método, a proporcionar uma proteção adequada contra corrosão causada por água ou condensação verdadeiro falso.
Consiste de um invólucro a prova d'água e de condensação, e pode ser aplicado com a incorporação do preservativo contra contato. É uma EVOLUÇÃO DO MÉTODO “I”, sendo, portanto de aplicação à partes , metálicas que requerem um maior grau de proteção. Materiais à base de borracha, tecido, plástico, fibra, papel cortiça e outros não metálicos, podem ser preservados por meio deste método, sem a aplicação do preservativo contra contato. .
consiste, essencialmente, de um revestimento plástico, que proporciona uma proteção contra a corrosão e contra o IMPACTO. A aplicação deste revestimento plástico é feita normalmente, por meio de imersão do item na substância que é mantida em tanques de preservação, a uma temperatura de "300ºF a 320°F". Este revestimento é de fácil remoção.
consiste na aplicação de um invólucro resistente a água. Pode aparecer sob forma de saco plástico ou papel estanhado, cujo fechamento é feito a máquina. É muito empregado na preservação de sobressalentes de ELETRÔNICA. .
MÉTODO “II” - DESIDRATAÇÃO é utilizado para itens cuja natureza solicite o menor grau de proteção contra a umidade ou condensação. Itens tais como EQUIPAMENTOS FOTOGRÁFICOS, EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS, INSTRUMENTOS DE PRECISÃO e outros aparelhos delicados, são protegidos por meio deste método de preservação. verdadeiro falso.
MÉTODO “II” - DESIDRATAÇÃO A proteção contra corrosão é obtida pelo controle da umidade atmosférica adjacente ao item, por meio de dissecante. O item, por sua vez é envolvido num recipiente à prova d'água e removido a umidade interior. verdadeiro falso.
Antigamente, este método era conhecido como método “OO” É empregado para proteger o material contra os efeitos de danificação FÍSICA OU MECÂNICA. Este método é aplicado na preservação de itens de LOUÇA ou de PLÁSTICOS e que não sejam afetados pela umidade e pelos efeitos do tempo, mas sujeitos à danificação durante o período de manobra, estocagem e expedição. .
São TIPOS DE EMBALAGEM: Embalagem de madeira; Tambores e caixas de fibras; Caixas de papelão; Latas; Tambores de aço; Embalagens de polietileno; Embalagens de styropor; Embalagens mistas; e Embalagens para transporte aéreo. verdadeiro falso.
EMBALAGEM DE MADEIRA - a madeira é o material de embalagem mais antigo e o menos usado. É um material de grande resistência a impactos. São fabricadas normalmente com pinho de 3ª classe. Verdadeiro falso.
As EMBALAGENS DE MADEIRA podem ser de vários tipos como: Tonéis e barricas (podem, também ser reforçados com o emprego de cintas de aço). Caixote para exportação. Caixas desmontáveis. Caixas dobráveis. Engradados. Caixas de compensado. Caixas “WIRE” – “BOND” (madeira fina e leve, reforçada com arame de aço fixado por grampos). Caixas para transporte de explosivos. Caixas reguláveis. Caixote para importação.
SÃO LEVES, de CUSTO REDUZIDO, relativa resistência a impactos e de FÁCIL manuseio. São obtidos através de PAPELÃO submetido a tratamento QUÍMICO ou PRENSAGEM. Podem ser revestidos de PLÁSTICOS, PARAFINA ou CERA, para proteção contra UMIDADE. Acondicionam produtos QUÍMICOS e gêneros de ALIMENTAÇÃO. .
Podem ser revestidos de PLÁSTICOS, PARAFINA ou CERA, para proteção contra UMIDADE. Acondicionam produtos QUÍMICOS e gêneros de ALIMENTAÇÃO. Para MAIOR proteção contra choques, são dotados de REBORDOS METÁLICOS, e em alguns casos, de tampas totalmente metálicas.
Podem ser construídas com PAPELÃO de vários tipos. Apresentam boa resistência à compressão, PESO LEVE e custo relativamente BAIXO. São encontradas em vários modelos com divisões. internas ou não, e alguns modelos são DESMONTÁVEIS e podem ser REAPROVEITÁVEIS. .
São fabricadas com FOLHA-DE-FLANDRES e oferecem a vantagem de RESISTÊNCIA a golpes, corrosão, impermeabilidade e fechamento HERMÉTICO. São utilizadas para gêneros de ALIMENTAÇÃO, ÓLEOS LUBRIFICANTES, TINTAS, VERNIZES e outros itens. .
São construídos em vários tamanhos e são encontrados com capacidade de até 200 LITROS. Apresentam grande resistência a choques, e muitos podem ser reaproveitados. São empregados no acondicionamento de derivados de petróleo e outros produtos LÍQUIDOS, SÓLIDOS, em PÓ ou GRANULADOS.
Esse é o PLÁSTICO MAIS BARATO para fabricação de embalagens. Possui boa resistência aos choques e impactos. Tanto é usado em FORMA DE SACOS como em recipientes de modelo determinado.
A embalagem é normalmente fabricada SOB MEDIDA, pois adapta-se à forma do produto que irá acomodar, sendo FÁCIL DE MOLDAR. É ideal para EMBALAGEM e PROTEÇÃO de instrumentos de PRECISÃO e outros itens FRÁGEIS. Apresenta resistência a choques, a flexão, a vibração e a maior parte dos produtos químicos. é ISOLANTE TÉRMICO e IMPERMEÁVEL ao vapor d'água, etc.
São construídas com diversos MATERIAIS COMBINADOS com o objetivo de proporcionar o MÁXIMO de PROTEÇÃO, já que as embalagens construídas com um único material muitas vezes NÃO satisfazem totalmente as necessidades.
As embalagens destinadas a transporte aéreo devem ser de uma forma geral, LEVES, RESISTENTES e SEGURAS (sem pontas de pregos e parafusos ou outras saliências). O material a ser colocado na embalagem deverá ter as PROJEÇÕES, ARESTAS E SALIÊNCIAS protegidas com FITA ADESIVA, FELTRO ou PAPELÃO, a fim de EVITAR que possa romper o material de amortecimento. .
A DAbM estabeleceu os símbolos convencionais de embalagens para uso na MB. Esses símbolos são: DE PERIGO, ESPECIAIS e DE MANUSEIO. verdadeiro falso.
SÍMBOLO DE RISCO São aqueles usados para indicação do risco que o material oferece às pessoas que o manuseiam ou ao meio de transporte usado; são as seguintes as suas condições quanto às substâncias no interior da embalagem: substâncias explosivas. gases. substâncias inflamáveis. substâncias oxidantes e peróxidos orgânicos. substâncias tóxicas, venenosas, infectantes e irritantes. substâncias radioativas. substâncias corrosivas. Tintas e óleos. viagra e amstel. picado do CIAA.
SÍMBOLOS ESPECIAIS Indicam a presença de substâncias, materiais ou seres vivos não enquadrados no item anterior e que necessitam de tratamento especial, não só quanto ao risco, mas, também, quanto à utilização do meio de transporte. São as seguintes as condições: proibido armazenar em conjunto ou próximo a qualquer alimento. substância ou material magnetizaste. MANTÊ-LO AFASTADO de bússola ou equipamentos sensíveis ou magnéticos. proibido embarcar em qualquer aeronave de passageiros. símbolo de advertência para os recipientes, quando VAZIOS. animais vivos. perecíveis. animais para laboratórios. símbolo de advertência para "substância infectaste", para transporte aéreo. cabras do CIAA. Alunos do CAP.
SÍMBOLO DE MANUSEIO São aqueles usados para indicar os cuidados a serem tomados com material, visando a manter intacta a sua integridade física. São os seguintes: "frágil" "não agitar"- "frágil" "desviado" "face superior nesta direção" "pedra no caminho" "proibido usar ganchos ou furar" "içamento" "proteger contra CALOR", " proteger contra LUZ " e "proteger contra UMIDADE" “centro de gravidade” "ele é menor do que você pensa".
Report abuse Terms of use
We use cookies to personalize your experience. If you continue browsing you will be accepting its use. More information.