Física

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
Física

Description:
modulo 1

Author:
AVATAR

Creation Date:
10/07/2018

Category:
Others
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments
No comments about this test.
Content:
foi estruturada, no brasil, com foco no registro dos atos e fatos relativos ao controle da execução orçamentária e financeira.
representa uma das maiores conquistas da contabilidade aplicada ao setor público.
É uma ferramenta para a consolidação das contas nacionais e instrumentos para a adoção das normas internacionais do contabilidade.
Outro fator que impactou a CASP foi a exigência de consolidação nacional das contas públicas trazida pela LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL (LRF). Essa competência é exercida pela SECRETÁRIA DO TESOURO NACIONAL(STN) materializada por meio da publicação do BALANÇO DO SETOR PÚBLICO NACIONAL(BSPN). verdadeiro falso.
cite 1 dos objetivos do PCASP.
É a estrutura básica da escrituração contábil, formada por uma relação padronizada de contas contábeis, que permite o registro contábil dos atos e fatos praticados pela entidade de maneira padronizada e sistematizada.
Estrutura básica do PCASP em nível de classe. 1 2 3 4 5 6 7 8.
qualquer ato ou fato que mereça tratamento no SIAFI.
Dessa forma, podemos citar como objetivos do PCASP: PADRONIZAR OS REGISTROS CONTÁBEIS DAS ENTIDADES DO SETOR PÚBLICO distinguir os registros de natureza patrimonial, orçamentária e de controle. atender à administração direta e à administração indireta das três esferas de governo. permitir o detalhamento das contas contábeis, a partir do nível mínimo estabelecido pela STN. PERMITIR A CONSOLIDAÇÃO NACIONAL DAS CONTAS PÚBLICAS. permitir a elaboração das demostrações contábeis aplicadas ao setor público (DCASP) e dos demostrativos do relatório resumido de execução orçamentária(RREO) e do relatório de gestão fiscal(RGF). permitir a adequada prestação de contas, o levantamento das estatísticas de finanças públicas. contribuir para a adequada tomada de decisão e para a racionalização de custos no setor público. contribuir para a transparência da gestão fiscal e para o controle social. obter a transparência dos gastos públicos.
correlacione OBJETIVOS BÁSICOS DE CARÁTER GERAL OBJETIVOS BÁSICOS DE CARÁTER ESPECÍFICO.
O código de evento é composto por quantos números?.
Com base no CÓDIGO DE EVENTOS, os 2 primeiros números "XX" corresponde ao que?.
Com base no CÓDIGO DE EVENTO, os 3 últimos números "ZZZ" corresponde ao que?.
Com base no CÓDIGO DE EVENTO, os 3º número "Y" corresponde ao que?.
correlacione com base no CÓDIGO DE EVENTOS: XX Y ZZZ.
com base no código de eventos Em termos de TRANSAÇÃO: 10.0.000 a 40.0.000 10.0.000 a 60.0.000 00.0.000 a 50.0.000 10.0.000 a 50.0.000 00.0.000 a 40.0.000.
com base no código de eventos Em termos de TRANSAÇÃO: 0 1 2 3 4 5 6 7 8.
Os códigos dos eventos mantém correlação com os documentos de entrada no SIAFI. verdadeiro falso.
correlacione com base no código de eventos: 20 30 40.
Os eventos código 50,60,70,80 quando preenchidos em nota de lançamento(NL), não podem se apresentar de forma individual(Exceto os códigos 54 e 58). Verdadeiro Falso.
Correlacione Eventos representativos de partida contábil de crédito Eventos representativos de partida contábil de débito.
Código que determina o que será contabilizado, quando da liquidação e realização ou cancelamento do documento hábil.
Indica os eventos a serem aplicados.
Sistema de informações centralizado em Brasília, ligado por teleprocessamento aos órgãos do governo federal existentes em todo o país e também no exterior.
Consiste no principal instrumento utilizado para registro, acompanhamento e controle da execução orçamentária, financeira e patrimonial do governo federal.
Abrangência do SIAFI Nível central Nível setorial Nível de execução.
Quem realiza a supervisão técnica do SIAFI? DGOM DFM CCIMAR STN SOF.
Busca a realização da execução orçamentária, financeira e patrimonial, de forma integrada, minimizando custos, a par da eficiência e eficácia na gestão dos recursos alocados na lei do orçamento.
Entidade supervisionada por uma unidade da administração direta, no caso da MB, sob supervisão do MD. Unidade orcamentária (UO) Unidade administrativa (UA) Unidade gestora (UG) Órgão Unidade gestora responsável (UGR).
Onde são codificadas as Unidade orçamentária (UO)?.
A MB possui os seguintes UP No órgão de comando da marinha Comando da marinha - fundo naval Órgão do comando da marinha - fundo de desenvolvimento do ensino profissional marítmo No órgão caixa de construções de casas para o pessoal da marinha.
É a repartição pública da administração direta a qual a lei do orçamento NÃO consigna diretamente créditos.
Repartição da administração direta a que a lei do orçamento ou, mais especificamente, o quadro de detalhamento de despesa(QDD) consigna dotações específicas para a realização de programas de trabalho (PT) do governo federal.
É a UO ou UA investida de autoridade para gerir créditos orçamentários e recursos financeiros.
Unidade gestora responsável pela realização da parcela do programa de trabalho contida num crédito.
A unidade gestora responsável (UGR) não poderá transferir, no todo ou em parte, créditos orçamentários e recursos financeiros próprios para outra UG Verdadeiro Falso.
Unidade gestora que realiza atos de gestão orçamentária, financeira ou patrimonial, cujo titular, em consequência, está sujeito à tomada ou prestação de contas anual.
A UG que utiliza seus próprios créditos passa a ser, simultaneamente: UO e UA UGE e UGS UGR e UGE UO e UGS.
UNIDADES GESTORAS SETORIAIS (UGS) Setorial contábil(exceto FN,FDEPM E CCCPM) Setorial financeira e de custos Setorial orçamentária Setorial de controle interno.
É o ato de gerir parcela do patrimônio da união.
Na MB somente é operacionalizada a gestão 00001 - Tesouro Nacional Verdadeiro Falso.
É a abrangência do tratamento de atos e fatos contábeis de determinada unidade pelo sistema, podendo ser TOTAL OU PARCIAL.
Modalidades de uso Modalidade de uso Total Modalidade de uso Parcial.
É a maneira pela qual as unidades, que utilizam o SIAFI na modalidade de USO TOTAL, formalizam seus registros contábeis naquele sistema, podendo ser "on-line ou off-line".
Principais características da forma de acesso "on-line" as disponibilidades financeiras da unidade são individualizadas no SIAFI e integram a conta única. todos os seus documentos orçamentários, financeiros e patrimoniais são emitidos diretamente pelo sistema. a própria unidade formaliza, diretamente, os registros representativos dos atos e fatos no SIAFI, por terminal de vídeo. as disponibilidades financeiras da unidade são individualizadas em conta corrente bancária (não integram cota única) a unidade não registra os seus atos e fatos no sistema, o que é feito por intermédio de outra unidade, denominada "pólo-SIAFI".
A quem compete a definição e a alteração quanto ao enquadramento, de cada UG? DFM DGOM DCTIM CCCPM.
A quem compete autorizar a alteração da forma de acesso de uma UG de "off-line para on-line"? DFM STN DCTIM DGOM.
Atualmente EXISTE UG na MB com acesso "off-line" Verdadeiro Falso.
Este sistema possibilita a comunicação, por nota, utilizando a rede SIAFI.
Quem expedirá mensagens, por meio de "COMUNICA-SIAFI". STN MD DFN DFM UG.
As UG usuárias do SIAFI devem verificar, periodicamente, os "COMUNICA-SIAFI" Verdadeiro Falso.
As UG deverão realizar suas consultas técnicas às setoriais financeira e contábil(DFM) Verdadeira Falsa.
Correlacione de acordo com o sistema COMUNICA SIAFI INCMSG(INCLUI MENSAGEM) CONMSG(CONSULTA MENSAGEM) EXCMSG(EXCLUSÃO MENSAGEM) IALGRUPO(INCLUI/ALTERA GRUPO.
Correlacione CONGRUPO(CONSULTA GRUPO DE UG) EXCGRUPO(EXCLUI OS GRUPOS DE UG) CONRECMENS(CONSULTA MSG RECECEBIDA).
As notas ficam disponíveis no SIAFI por 10 dias corridos, contador a partir da data de INCLUSÃO, e serão mostradas todas as vezes que o operador acessar o sistema. Verdadeiro Falso.
Após confirmação do seu RECEBIMENTO ou ESGOTAMENTO o prazo de 5 dias, não será mais possível o acesso as notas recebidas. Verdadeiro Falso.
Todos os usuários das UG destinatária NÃO têm acesso ao recebimento de notas, entretanto recomenda-se que o encargo de imprimir e distribuir as notas recebidas bem como o de transmitir, seja de competência EXCLUSIVA de um setor da UG como exemplo, secretaria ou centro de comunicações. Verdadeiro Falso.
Quem deverá tomar conhecimento de todas as notas recebidas, bem com autorizar previamente a transmissão de qualquer nota pelo sistema "COMUNICA SIAFI".
É o conjunto de procedimentos pelo qual o operador da UG "ON-LINE", INSERE, ATUALIZA, CONSULTA OU IMPRIME informações no SIAFI.
É intermédio dela que o operador terá acesso no SIAFI as telas correspondentes a operação desejada.
Como podem ser classificadas as transações?.
Possibilitam o acesso a informações sobre o sistema, informações gerenciais ou ainda informações sobre documentos contábeis registrados no SIAFI.
É a maneira pelo qual o SIAFI DELIMITA o GRAU de atuação das UG e de seus usuários, respectivamente.
O campo de atuação é o da PRÓPRIA UG, somente permitindo o cadastramento de usuários no nível 1. São cadastradas neste nível todas as UG da MB, exceto UG setoriais e UG de relatores de PM(inclusive ODS).
O campo de atuação abrange TODAS AS UG DA MB, permitindo o cadastramento de usuários nos níveis 1 e 3. São cadastradas neste nível todas as UG de relatores da PM(inclusive ODS) e UG setoriais.
Correlacionar de acordo com os níveis de acesso Nível 1 Nível 3.
É o agrupamento de diferentes transações destinadas a possibilitar que um determinado usuário possa executar tarefas correlatas.
Os documentos do SIAFI, observada a legislação pertinente e a adaptação necessária ao atendimento das peculiaridades da administração naval, são os a seguir relacionados ND NC CD LI NE DH.
Os documentos do SIAFI, observada a legislação pertinente e a adaptação necessária ao atendimento das peculiaridades da administração naval, são os a segui relacionados NS OB DF GP DR.
Os documentos do SIAFI, observada a legislação pertinente e a adaptação necessária ao atendimento das peculiaridades da administração naval, são os a segui relacionados NL PF GR.
O sistema de credenciamento para acesso ao SIAFI, denominado simplificadamente de SENHA-SIAFI, objetiva assegurar o uso autorizado do SIAFI. Verdadeiro falso.
O sistema SENHA-SIAFI especifica, por meio de um processo de credenciamento: *Quais são os usuários autorizados do SIAFI; *Quais os níveis de acesso de cada UG e de cada usuário, respectivamente; *Quais os perfis e transações que cada usuário pode acessar. Verdadeiro Falso.
SISTEMA DE CREDENCIAMENTO PARA ACESSO AO SIAFI. O sistema SENHA-SIAFI especifica, por meio de um processo de credenciamento: O processo de credenciamento compreende as seguintes ações:.
A quem compete escolher os usuários do sistema e solicitar à DFM o seu credenciamento para acesso ao SIAFI?.
Compete à STN escolher os usuários do sistema SIAFI e solicitar à DFM o seu credenciamento. verdadeiro falso.
A escolha dos usuários deve recair sobre militares ou servidores de inteira confiança do Gestor financeiro. verdadeiro falso.
Para o cadastramento INICIAL do usuário, deverá ser enviada mensagem à DFM, com o seguinte texto-padrão: "Credenciamento SIAFI, UG _____, SOL habilitar: ALFA - (CPF); BRAVO - (Nome do servidor); CHARLIE - (Nome de guerra); ...." verdadeiro falso.
Ao receber da DFM o ENVELOPE LACRADO, ou o "E-MAIL" criptografado, o ORDENADOR DE DESPESA deverá providenciar: 1º a entrega da SENHA ao usuário; e 2º o registro de credenciamento em Ordem de Serviço (OS), explicitando a data, o nome do credenciado e correspondentes nível de acesso e perfil. No caso de OM apoiada, cópia da OS deverá ser enviada a OM apoiadora. verdadeiro falso.
Excepcionalmente, nos casos de extrema necessidade, a STN informará a senha ao usuário por intermédio do meio mais rápido disponível, desde que não comprometa a segurança do sistema. para caracterizar essa excepcionalidade, a UG deverá INICIAR a mensagem para cadastramento INICIAL com a expressão "EMERGENTE". Verdadeiro Falso.
a UG deverá solicitar à DFM o cadastramento de, no MÁXIMO, CINCO operadores de entrada de dados(digitadores). verdadeiro falso.
MEDIDAS DE SEGURANÇA SISTEMA SENHA Composição da senha do sistema SIAFI: Senha provisória(RESERVADA). senha definitiva(SECRETA).
Quando estiver previsto o afastamento do usuário por MAIS de QUINZE DIAS, seguindo o procedimento descrito, no dia anterior ao início do afastamento. verdadeiro falso.
Procedimentos a serem executados por ocasião da alteração da senha definitiva: 1º 2º 3º 4º 5º.
CARACTERÍSTICAS DA NOVA SENHA "DEFINITIVA" A senha definitiva deverá obedecer às seguintes características: - Ter no MÍNIMO SEIS e no MÁXIMO DOZE caracteres; - Ser constituída por caracteres ALFABÉTICOS ou ALFANUMÉRICOS; - NÃO COMEÇAR com a palavra "NOVA"; - Ser diferente das TRÊS ÚLTIMAS senhas, nos caso de alteração; e - NÃO ser IGUAL ao nome do PRÓPRIO USUÁRIO. Verdadeiro Falsso.
O SIAFI possui um dispositivo de segurança que bloqueia o acesso de usuário NÃO autorizado. Tal bloqueio será definitivo quando o usuário: - Digitar definitiva incorretamente, DUAS vezes consecutivas. - Quando ocorrer QUEDA de ENERGIA ficarão bloqueados. - As senhas que forem utilizadas para acesso ao sistema durante TRINTA DIAS consecutivos. Verdadeiro Falso.
O usuário que tiver sua conta BLOQUEADA por meios das três situações de bloqueio DEFINITIVO, somente terá novo acesso mediante solicitação de nova senha provisória à STN. Verdadeiro Falso.
DESCREDENCIAMENTO DE USUÁRIOS DO SIAFI Sempre que cessado o motivo que gerou a necessidade de habilitação do usuário, o seu descredenciamento deverá ser providenciado. Tal situação ocorrerá, basicamente: - Quando ocorrer PASSAGEM de função; - Quando ocorrer AFASTAMENTO, mesmo que TEMPORÁRIO, do serviço; ou - Por decisão de CARÁCTER EXECUTIVO da DFM. verdadeiro falso.
É o instrumento de segurança de que dispõe o SIAFI. com vistas a: - ASSEGURAR que todos os atos e fatos foram CORRETAMENTE e TEMPESTIVAMENTE registrados no sistema; - GARANTIR a INEXISTÊNCIA de FRAUDES e de outros usos INDEVIDOS do dinheiro público ou do sistema; e - GARANTIR a FIDELIDADE das INFORMAÇÕES geradas pelo sistema.
AS CONFORMIDADES... São previstos TRÊS tipos. São REGISTRADAS de DUAS formas.
Consiste na CERTIFICAÇÃO dos REGISTROS dos atos e fatos de EXECUÇÃO orçamentária, financeira e patrimonial incluídos no SIAFI e da EXISTÊNCIA de DOCUMENTOS HÁBEIS que COMPROVEM AS OPERAÇÕES.
Tem por finalidade PRECÍPUA verificar se os REGISTROS dos atos e fatos de EXECUÇÃO orçamentária, financeira e patrimonial EFETUADOS pela UGE foram realizados em observância às normas VIGENTES e se EXISTE documentação que suporte as OPERAÇÕES REGISTRADAS. .
De quem é a responsabilidade pelo REGISTRO DA CONFORMIDADE DE REGISTROS DE GESTÃO? .
É permitido a uma UG efetuar o REGISTRO DA CONFORMIDADE DOS REGISTROS DE GESTÃO quando os documentos desta forem lançados pela DFM. No caso desses documentos, a CONFORMIDADE CONTÁBIL, registrada pela própria DFM, substituirá a CONFORMIDADE DOS REGISTRO DE GESTÃO. verdadeiro falso.
A CONFORMIDADE DOS REGISTROS DE GESTÃO deverá ser efetuada em até TRÊS DIAS ÚTEIS a contar da data do registro da operação no SIAFI. As conformidades registradas COM RESTRIÇÃO poderão ser ATUALIZADAS até a data fixada para o FECHAMENTO DO MÊS. verdadeiro falso.
A AUSÊNCIA de registro da CONFORMIDADE DOS REGISTROS DE GESTÃO em qualquer dia da SEMANA ANTERIOR, desde que tenha havido MOVIMENTO CONTÁBIL, implica o encaminhamento de mensagem gerada automaticamente pelo sistema, a ser disponibilizada no SEGUNDO DIA ÚTIL da semana SEGUINTE. verdadeiro falso.
No PROCESSO DE ANÁLISE devem ser envidados todos os esforços no sentindo de ELIMINAR as IRREGULARIDADES, evitando-se, assim, o REGISTRO da conformidade COM RESTRIÇÃO. VERDADEIRO FALSO.
A STN manterá rotina de acompanhamento e controle das CONFORMIDADES DE REGISTROS, para cada UG/GESTÃO, sob a RESPONSABILIDADE dos respectivos ORDENADORES DE DESPESA e/ou e seu SUBSTITUTO. verdadeiro falso.
A certificação da existência de documentação que suporte as operações registradas no SIAFI pela UGE, atinentes aos atos e fatos da EXECUÇÃO orçamentária, financeira e patrimonial, baseia-se na AVALIAÇÃO e no ARQUIVAMENTO de todos os documentos EMITIDOS pela UGE, inerentes à execução financeira. Após a referida certificação, a UGE, torna-se RESPONSÁVEL por toda documentação atinente aos atos e fatos de gestão REALIZADOS. VERDADEIRO FALSO.
Enfatiza-se aos TITULARES das UGE quanto à RESPONSABILIDADE do SERVIDOR designado para a CONFORMIDADE DOS REGISTROS DE GESTÃO pelos documentos pertinentes EMITIDOS, tanto na sua AVALIAÇÃO, quanto na sua GUARDA, CONSERVAÇÃO, CONTROLE e principalmente, quanto aos PRAZOS para o seu REGISTRO no SIAFI. verdadeiro falso.
Tem por finalidade PRECÍPUA assegurar que, no NÍVEL da UG, somente estão HABILITADOS a acessar o sistema os usuários devidamente CREDENCIADOS.
Report abuse Terms of use
We use cookies to personalize your experience. If you continue browsing you will be accepting its use. More information.