Gmp - prova da anac 02

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
Gmp - prova da anac 02

Description:
QUESTÕES ATUALIZADA DA BANCA DA ANAC

Author:
DRC
(Other tests from this author)

Creation Date:
06/12/2018

Category:
Others
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments
No comments about this test.
Content:
NA HÉLICE DE PASSO CONTROLÁVEL, A PRESSÃO DO ÓLEO NECESSÁRIA À MUDANÇA DO PASSO, É FORNECIDA PELO(A) CONTRAPESO. BOMBA. ARANHA. VÁLVULA PILOTO.
O COMPRESSOR LIBERA, PARA O SISTEMA PNEUMÁTICO, AR FRIO E SOB PRESSÃO. QUENTE, APENAS. QUENTE E SOB PRESSÃO. SOB PRESSÃO, APENAS.
QUANDO A HÉLICE DÁ UMA VOLTA COMPLETA E OCORRE UM RECUO A MESMA REALIZA O PASSO DE TORÇÃO. EFETIVO. TEÓRICO. GEOMÉTRICO.
QUANTO À HÉLICE AJUSTÁVEL NO SOLO, PODE-SE DIZER QUE A MESMA OPERA COMO UMA HÉLICE DE PASSO AUTOMÁTICO. CONTROLÁVEL. FIXO. REVERSO.
NO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO DE UM MOTOR CONVENCIONAL, QUANDO A TEMPERATURA DO ÓLEO CAI ABAIXO DE UM DETERMINADO LIMITE, A VÁLVULA TERMOSTÁTICA ABRE-SE, PERMITINDO QUE O ÓLEO PASSE PELO RADIADOR. FECHA-SE, PERMITINDO QUE O ÓLEO PASSE PELO RADIADOR. FECHA-SE, PERMITINDO QUE O ÓLEO CONTORNE RADIADOR. ABRE-SE, PERMITINDO QUE O ÓLEO CONTORNE RADIADOR.
O INSTRUMENTO USADO PARA TESTAR CONTINUIDADE DE UM CIRCUITO ELÉTRICO DENOMINA-SE OTENCIÔMETRO. OSCILOSCÓPIO. OHMÍMETRO. VOLTÍMETRO.
A PUBLICAÇÃO EMITIDA PELO FABRICANTE DE UM PRODUTO AERONÁUTICO COM O OBJETIVO DE CORRIGIR FALHA OU MAU FUNCIONAMENTO DESTE PRODUTO É O (A) BOLETIM DE SERVIÇO. MANUAL DE MANUTENÇÃO. DIRETRIZ DE AERONAVEGABILIDADE. MANUAL DE REVISÃO.
NO SISTEMA DE IGNIÇÃO POR BATERIA, O COMPONENTE QUE TEM A FINALIDADE DE DESENVOLVER ALTA TENSÃO NAS VELAS É O(A) BOBINA. BATERIA. DISTRIBUIDOR. LATINADO.
NO MOTOR CONVENCIONAL, O CLARO DE VÁLVULAS OCORRE NO FINAL DO TEMPO DE ESCAPAMENTO E INÍCIO DO TEMPO DE ADMISSÃO. ESCAPAMENTO E INÍCIO DO TEMPO DE COMPRESSÃO. COMPRESSÃO E INÍCIO DO TEMPO MOTOR. COMPRESSÃO E INÍCIO DO TEMPO DE ESCAPAMENTO.
NO MOTOR ALTERNATIVO, O EIXO DE RESSALTOS PROPORCIONA O(A) ROTAÇÃO DO EIXO DE MANIVELAS. DESLOCAMENTO DO ÊMBOLO PARA BAIXO. ABERTURA DAS VÁLVULAS. DESLOCAMENTO DO ÊMBOLO PARA CIMA.
O EIXO DE MANIVELAS É APOIADO NO CÁRTER ATRAVÉS DE PINOS. ROLAMENTOS. PARAFUSOS. FRENO.
EM UM MOTOR A REAÇÃO, O INDICADOR DA RAZÃO DE PRESSÃO DO MOTOR RECEBE SINAL DE SENSORES INSTALADOS NA SAÍDA DA CÂMARA E ENTRADA DA TURBINA. ENTRADA DA CÂMARA E SAÍDA DA TURBINA ENTRADA DA TURBINA E SAÍDA DO COMPRESSOR SAÍDA DA TURBINA E ENTRADA DO COMPRESSOR.
SE UM MOTOR A REAÇÃO POSSUIR UM ALTO RENDIMENTO TÉRMICO, O MESMO TERÁ ALTO CONSUMO ESPECÍFICO. MENOR TETO OPERACIONAL. MAIOR TETO OPERACIONAL. BAIXO CONSUMO ESPECÍFICO.
A RESISTÊNCIA QUE O ÓLEO OFERECE AO FLUXO É CONHECIDA POR VOLATILIDADE. PONTO DE CHAMA. VISCOSIDADE. PONTO DE FULGOR.
OS COMPONENTES DO MOTOR QUE EXECUTAM MOVIMENTOS ALTERNADOS SÃO OS(AS) PISTÕES. MUNHÕES. ANÉIS DE SEGMENTOS. VELAS.
APÓS SUBSTITUIR UMA PALHETA DA TURBINA, O PROCEDIMENTO A SER REALIZADO SERÁ SUBSTITUIR A PALHETA QUE FICA A 180º. SUBSTITUIR A CARCAÇA DO ESTATOR. FAZER A LAVAGEM DO COMPRESSOR. DRENAR O ÓLEO DO MOTOR E GIRÁ-LO, SOMENTE, EM REGIME DE MARCHA LENTA.
OS MOTORES CONVENCIONAIS PODEM FUNCIONAR, ACIDENTALMENTE, PELA MOVIMENTAÇÃO DAS HÉLICES, CASO A CHAVE DOS MAGNETOS ESTEJA EM STAND BY. EM AUTO. DESLIGADA. LIGADA.
NUMA TURBINA COM 36 PALHETAS FORAM INSTALADAS 5 DELAS NAS SEGUINTES POSIÇÕES: 1 - 19 - 4 - 22 E 9, SEQUENCIALMENTE. A SEXTA PALHETA DEVERÁ SER INSTALADA NA POSIÇÃO 32. 25. 34. 27.
A FORMAÇÃO DE GELO NA ENTRADA DO MOTOR PODE ALTERAR O CICLO DE REFRIGERAÇÃO DO MESMO, OCASIONANDO AUMENTO DE EMPUXO. TEMPERATURA DO AR DE ESCAPAMENTO. BAIXA INDICAÇÃO DE TIT. DANOS ÀS PALHETAS DA TURBINA DEVIDO A UM SUPERAQUECIMENTO.
O INDICADOR DE TEMPERATURA DOS GASES DE EXAUSTÃO EMPREGA COMO ELEMENTO SENSITIVO SONDAS, QUE INDICAM A DIFERENÇA DAS TEMPERATURAS. SONDAS, QUE INDICAM A TOTALIZAÇÃO DAS TEMPERATURAS. TERMOPARES, QUE INDICAM A SOMA DAS TEMPERATURAS. TERMOPARES, QUE INDICAM A MÉDIA DAS TEMPERATURAS.
A TENSÃO, NO SECUNDÁRIO DE UM TRANSFORMADOR, É DE 240V, TENDO-SE 250 ESPIRAS NO SEU ENROLAMENTO PRIMÁRIO E 500 ESPIRAS NO SECUNDÁRIO. A TENSÃO APLICADA NO PRIMÁRIO SERÁ DE 480V. 125V. 250V. 120V.
OS TUBOS INTERCONECTORES EXISTENTES NAS CÂMARAS DE COMBUSTÃO DO TIPO CANECA, TÊM A FINALIDADE DE PROPAGAR A MISTURA COMBUSTÍVEL. PROPAGAR A CHAMA. AUMENTAR O PODER DA COMBUSTÃO. DIMINUIR O PODER DE COMBUSTÃO.
A FINALIDADE DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL AUXILIAR (BOOSTER) É SUPRIR COMBUSTÍVEL SOB PRESSÃO PARA O FILTRO PRINCIPAL. SUPRIR COMBUSTÍVEL SOB PRESSÃO PARA A BOMBA DO MOTOR. ALIJAR O COMBUSTÍVEL. RETORNAR O COMBUSTÍVEL EXCEDENTE DO MOTOR PARA O TANQUE.
O CALÇO HIDRÁULICO OCORRE, NORMALMENTE, NO MOTOR CONVENCIONAL DO TIPO RADIAL. CONVENCIONAL DO TIPO CILINDROS OPOSTOS. A TURBINA DE FLUXO CENTRÍFUGO. A TURBINA DE FLUXO AXIAL.
O COMBUSTÍVEL, VINDO DOS TANQUES, É ENVIADO PARA A ENTRADA DA UNIDADE DE CONTROLE ATRAVÉS DE VÁLVULAS SELETORAS. BOMBAS ACIONADAS PELO MOTOR. FILTROS. BOMBAS DE REFORÇO.
PROPORCIONAR O BALANCEAMENTO DINÂMICO DO MOTOR E ELIMINAR AS VIBRAÇÕES AO MÁXIMO POSSÍVEL É OBJETIVO DO(A) ANÉIS DE SEGMENTOS. CICLO DE QUATRO TEMPOS. ORDEM DE FOGO. ADMISSÃO E COMPRESSÃO.
OS SUPRESSORES DE RUÍDOS UTILIZADOS NOS MOTORES A REAÇÃO ATUAM DIMINUINDO A FREQUÊNCIA DO SOM. AUMENTANDO A FREQUÊNCIA DO SOM. AUMENTANDO A ENERGIA DE SAÍDA. DIMINUINDO A ENERGIA DE SAÍDA.
A PRESSÃO DO ÓLEO DO MOTOR É MEDIDA POR UM INSTRUMENTO QUE EMPREGA UM MECANISMO, DO TIPO TERMOPAR. SONDA. TUBO DE BOURDON. TUBO DE VENTURI.
A HÉLICE QUE AJUSTA O PASSO, SEM ATUAÇÃO DO OPERADOR, PARA MANTER CONSTANTE A RPM DO MOTOR, DENOMINA-SE HÉLICE DE PASSO CONTROLÁVEL. DE PASSO CONSTANTE. AUTOMÁTICA. AJUSTÁVEL.
O ÓLEO QUE É DRENADO PARA DENTRO DA CÂMARA DE COMBUSTÃO, QUANDO O MOTOR PERMANECE CORTADO POR LONGO PERÍODO DE TEMPO PODE OCASIONAR UMA PANE DENOMINADA DE DEFICIÊNCIA TÉRMICA. BAIXO RENDIMENTO. PANE SECA. CALÇO HIDRÁULICO.
OS CILINDROS SÃO INSTALADOS NO MOTOR NA SEÇÃO DENOMINADA POTÊNCIA. ACESSÓRIOS. NARIZ. REDUÇÃO.
O SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO DO MOTOR A JATO UTILIZA BOMBA DO TIPO PISTÃO. ENGRENAGEM. PALHETA. CENTRÍFUGA.
EM UM MOTOR A REAÇÃO A REFRIGERAÇÃO DA CÂMARA DE COMBUSTÃO É REALIZADA POR AR DE IMPACTO. PELO ÓLEO DO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO. PELO PRÓPRIO COMBUSTÍVEL. COM METANOL.
O SISTEMA DE DEGELO DA HÉLICE EMPREGA ÓLEO QUENTE DO MOTOR. RESISTÊNCIA ELÉTRICA. AR QUENTE DA SEÇÃO DE ESCAPAMENTO. AR QUENTE DE UM DOS ESTÁGIOS DO COMPRESSOR.
A HÉLICE DE VELOCIDADE CONSTANTE, DURANTE O VOO TEM PASSO FIXO E RPM FIXA. PASSO VARIÁVEL E RPM VARIÁVEL. PASSO VARIÁVEL E RPM FIXA. PASSO FIXO E RPM VARIÁVEL.
NO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO DO MOTOR, A VÁVULA DE ALÍVIO LOCALIZADA NA SAÍDA DA BOMBA PRINCIPAL LIMITA A PRESSÃO MÁXIMA DO SISTEMA, DESVIANDO O ÓLEO PARA O RESERVATÓRIO OU PARA O (A) INTERIOR DO FILTRO. SAÍDA DO RADIADOR. ENTRADA DA BOMBA PRINCIPAL. DRENO.
A PROPRIEDADE QUE PERMITE AO METAL RETORNAR A SUA FORMA ORIGINAL, APÓS REMOVIDA A FORÇA QUE A DEFORMA, É CONHECIDA COMO ELASTICIDADE. MALEABILIDADE. DUCTILIDADE. FUSIBILIDADE.
A TENSÃO DO CABO DE COMANDO DEVE SER AJUSTADA EM FUNÇÃO DOS FATORES DIÂMETRO DO CABO E VARIAÇÃO DA TEMPERATURA. PESO DO CABO E TIPO DE AERONAVE. PESO E DIÂMETRO DO CABO. ESFORÇO DO CABO E VARIAÇÃO DA TEMPERATURA.
UM COMBUSTÍVEL COM BAIXA VOLATILIDADE, APRESENTA CARACTERÍSTICAS QUE SÃO CONVENIENTES PARA REDUZIR A POSSIBILIDADE DO CALÇO DE VAPOR. DIFICULTAR AS PARTIDAS EM VOO. FACILITAR AS PERDAS DO COMBUSTÍVEL POR EVAPORAÇÃO. FACILITAR AS PARTIDAS EM TEMPO FRIO.
A DISTÂNCIA EM QUE O ÊMBOLO SE MOVE, DE UMA EXTREMIDADE À OUTRA DO CILINDRO, DENOMINA-SE CICLO. CURSO. CILINDRADA. COMPRESSÃO.
O DISPOSITIVO DE MEDIÇÃO E DOSAGEM DO COMBUSTÍVEL DO MOTOR ALTERNATIVO É O FCU. MAGNETO. UCP. CARBURADOR.
A POSIÇÃO DO INTERRUPTOR EM QUE AMBOS OS MAGNETOS ESTÃO ATERRADOS É ON. BOTH. R. OFF.
NOS MOTORES EM QUE O EIXO DA HÉLICE É UMA EXTENSÃO DO EIXO DE MANIVELAS, A REDUÇÃO SERÁ DE 1:2. 1:4. 1:3. 1:1.
A SUBSTITUIÇÃO DO ELEMENTO FILTRANTE DO FILTRO DE ÓLEO "NÃO" SERÁ NECESSÁRIO QUANDO FOR COMPLETADO O NÍVEL NO RESERVATÓRIO. O MOTOR SOFRER REVISÃO GERAL. O MOTOR GIRAR SEM INDICAÇÃO DE PRESSÃO. FOR SUBSTITUÍDO O ÓLEO POR TER SIDO CONTAMINADO COM LIMALHA.
DENTRE OS ALICATES ABAIXO, AQUELE UTILIZADO EXCLUSIVAMENTE PARA EXECUTAR FRENAGENS COM ARAME É O DIAGONAL. BICO DE PAPAGAIO. GASISTA. BICO DE PATO.
O EXTINTOR DE PÓ QUÍMICO "NÃO" É RECOMENDADO PARA SER USADO NOS INCÊNDIOS EM EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS, POIS O PÓ QUÍMICO, EM CONTATO COM O CALOR, AUMENTARÁ O FOGO ESSE TIPO DE EXTINTOR, EM CONTATO COM A ENERGIA ELÉTRICA PODE CAUSAR EXPLOSÃO A POEIRA RESIDUAL PODERÁ CAUSAR DANOS AO EQUIPAMENTO ESSE TIPO DE EXTINTOR ALIMENTARÁ A CHAMA.
EM UM MOTOR A REAÇÃO, DEVE-SE REALIZAR A REGULAGEM DO MOTOR, QUANDO OCORRER A SUBSTITUIÇÃO DO(A) BLEED-AIR. BOMBA PRINCIPAL. FCU. BOMBA AUXILIAR.
PARA ABSORVER A VIBRAÇÃO DO MOTOR PARA A CÉLULA DA AERONAVE EXISTE O(A) NACELE. BERÇO. ROLAMENTO. COXIM.
O GERADOR USADO PARA PRODUZIR CORRENTE ALTERNADA É CHAMADO DE ALTERNADOR. INVERSOR. RETIFICADOR. DÍNAMO.
DENTRE OS COMPONENTES ABAIXO, AQUELE QUE É CONSIDERADO ACESSÓRIO DO MOTOR É O(A) COMPRESSOR. BOMBA DE ALTA PRESSÃO DE COMBUSTÍVEL. ROLAMENTO DO EIXO DO COMPRESSOR. TURBINA.
NO SISTEMA DE IGNIÇÃO A PARTE GIRATÓRIA DO DISTRIBUIDOR É DENOMINADA CAPACITOR. RECEPTÁCULO. CONDUTOR. ROTOR.
DETERMINAR QUAL DAS VIAS O ÓLEO TOMARÁ EM FUNÇÃO DO RADIADOR, É OBJETIVO DA VÁLVULA DRENO. DE CONTROLE DE FLUXO. DE ALÍVIO. BY-PASS.
O EIXO DA HÉLICE É CONECTADO AO EIXO DE MANIVELAS,ATRAVÉS DE ENGRENAGENS REDUTORAS. MANCAIS. HASTES IMPULSORAS. ROLAMENTOS.
Report abuse Terms of use
We use cookies to personalize your experience. If you continue browsing you will be accepting its use. More information.