Organização do trabalho 1

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
Organização do trabalho 1

Description:
organização do trabalho 1

Author:
AVATAR

Creation Date:
15/03/2019

Category:
Others
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments
No comments about this test.
Content:
O Ministério da Defesa (MD) foi criado em? 10 de julho de 1997 10 de junho de 1999 17 de novembro de 1997 20 de junho de 1999.
Qual o órgão de assessoramento superior do Comandante da Marinha? ALMIRANTADO COMANDO DE OPERAÇOES NAVAIS SECRETARIA-GERAL DA MARINHA DIRETORIA-GERAL DO PESSOAL DA MARINHA.
Quais são os órgãos de direção setorial na estrutura organizacional da Marinha? COMANDO DE OPERAÇOES NAVAIS SECRETARIA-GERAL DA MARINHA DIRETORIA-GERAL DO MATERIAL DA MARINHA DIRETORIA-GERAL DO PESSOAL DA MARINHA DIRETORIA GERAL DE NAVEGAÇÃO SECRETARIA DE CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DA MARNHA COMANDO-GERAL DO CORPO DE FUZILEIROS NAVAIS.
Cite as subordinadas do ComOpNav e da SGM. COMFFE, DN, DABM, CNBW COMFFE, DN, DAdM, CNBW COMFFE, DN, DAdM, CIBW COMFFE, DN, DABM, CIAW.
Qual o órgão de direção setorial que tem o propósito de supervisionar as atividades relacionadas com o pagamento de pessoal, alterações patrimoniais e material sob gestão da Fazenda Nacional? SGM DIRETORIA-GERAL DO PESSOAL DA MARINHA DFM DGOM.
A quem compete estabelecer diretrizes para a atuação das Forças Armadas, nos casos de grave perturbação da ordem pública? O PRESIDENTE DA REPUBLICA CAL – CONSELHO DE ALMIRANTES COMANDO DE OPERAÇOES NAVAIS ComOpNav.
Qual o órgão que assessora o Comandante da Marinha na avaliação de assuntos de interesse relevante para a Marinha, apresentados pelos membros do Almirantado? CAL – CONSELHO DE ALMIRANTES SECRETARIA-GERAL DA MARINHA DIRETORIA-GERAL DO PESSOAL DA MARINHA SECRETARIA DE CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DA MARNHA.
Qual a Diretoria competente para realizar o registro de atos e fatos relacionados com a gestão econômico-financeiras, possibilitando a MB o conhecimento atualizado de seu patrimônio? SGM DFM SGN PAPEM.
Ativado em 14 de abril de 1997, tem sob jurisdição O mar territorial correspondente, triangulo mineiro, sul de minas e hidrovia dos rios Paraíba, Paranapanema e Tiete-paraná? 8ºDN 9ºDN 6ºDN 3ºDN.
Subordinada a Diretoria de Saúde da Marinha que tem como missão prestar assistência médico-hospitalar, em nível terciário, aos usuários do Sistema de Saúde da Marinha? HNMD HCM HNBRA HMND.
OM subordinada ao ComFFe que tem a capacidade de requisitar, armazenar, controlar e distribuir suprimentos para as unidades subordinadas, por tempo limitado. ComDivAnf 1º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais; Base de Fuzileiros Navaisda Ilha do Governador 3ºBtlInfFuzNav.
É subordinada ao ComOpNav e tem sobre a sua responsabilidade a execução da seguinte tarefa: executar operações anfíbias e terrestres limitadas, necessárias a realização de uma campanha naval, reforçadas por elementos da Tropa de Reforço e apoiada por elementos das Forças Navais, Aeronavais e eventualmente, das Forças Armadas. Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra Comando da Tropa de Desembarque; - BFNRM - Base de Fuzileiros Navais do Rio Meriti Comando da Divisão Anfíbia.
Subordinados ao ComFFE - Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra: - ComDivAnf - Comando da Divisão Anfíbia; - ComTrRef - Comando da Tropa de Reforço; - CmdoTrDbq - Comando da Tropa de Desembarque; - BFNRM - Base de Fuzileiros Navais do Rio Meriti; e - BtlOpEspFuzNav - Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais.
I - conduzir a elaboração e atualização do Livro Branco de Defesa Nacional; elaborar processo contínuo e sistemático de conhecimento e emprego de cenários futuros, para subsidiar o processo decisório de alto nível do Ministério da Defesa. Assessoria Especial de Planejamento Consultoria Jurídica Assessoramento Secretaria de Controle Interno.
compete: I) Assessorar o Presidente da República, no que concerne ao emprego de meios militares; e II) Assessorar o Ministro de Estado da Defesa, no que concerne aos assuntos pertinentes à área militar Conselho Militar de Defesa Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas Chefia de Operações Conjuntas instituto Pandiá Calógeras.
compete: I - assessorar o Ministro de Estado da Defesa na análise política e estratégica da segurança internacional e da defesa nacional; Instituto Pandiá Calógeras Conselho Militar de Defesa Secretaria de Controle Interno Consultoria Jurídica.
compete: I - assessorar o Ministro de Estado da Defesa, como órgão de apoio à supervisão ministerial; II - acompanhar, controlar, fiscalizar e avaliar a gestão contábil, financeira, orçamentária, Secretaria de Controle Interno Instituto Pandiá Calógeras Conselho Militar de Defesa Consultoria Jurídica.
compete assessorar o Ministro de Estado da Defesa nos seguintes assuntos: políticas e estratégias nacionais e setoriais de defesa, de inteligência e contra-inteligência; logística mobilização e tecnologia militar; e articulação e equipamento das Forças Armadas. Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas Conselho Militar de Defesa Instituto Pandiá Calógeras Secretaria de Controle Interno.
compete: I - subsidiar o Ministro de Estado da Defesa e o Secretário-Geral nos assuntos de sua competência exercer a função de órgão setorial do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal. Secretaria de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia Secretaria de Produtos de Defesa Comandantes da Marinha.
compete: Participar na defesa da fronteira marítima e na defesa aérea; Propor a constituição, a organização e os efetivos, bem como aparelhar e adestrar as forças terrestres; Comando do Exército Comando da Aeronáutica Comando da Aeronáutica DPC.
Quem integrará o Conselho Militar de Defesa na condição de seu Presidente. O Ministro de Estado da Defesa O Ministro da Defesa CM Presidente da republica.
Compete executar as atividades técnicas e administrativas desta, bem como assessorar o seu Coordenador. SECIRM PEM CCIMAR CEUM.
Report abuse Terms of use
We use cookies to personalize your experience. If you continue browsing you will be accepting its use. More information.