WORD

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
WORD

Description:
INOVA WORD

Author:
LUCAS NICOLAS
(Other tests from this author)

Creation Date:
13/01/2017

Category:
Computers
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments
No comments about this test.
Content:
O que é justificar um texto? Corrigir erros ortográficos e gramaticais. É dividir o texto em colunas. É alinhar ambas as margens. É a primeiro letra destacada em um parágrafo.
Corresponda a primeira coluna de acordo com a segunda CRTL + A CTRL + T CTRL + B CTRL + P CTRL + O CTRL + V CTRL + X.
Qual o procedimento para alterar a fonte de um texto? Formatar – Fonte. Pagina Inicial -- Fonte. Arquivo – Formatar – Fonte. Editar - Cor.
Para que é utilizado o recurso "Word Art"? Para configurar a página com efeitos da Internet no documento. Para criar e inserir imagens com efeitos artísticos no documento. Para criar textos com efeitos artísticos no documento. Para criar textos com efeitos bitmaps no documento.
Qual é o tipo de alinhamento de parágrafo NÃO existente no MS-Word? Justificado. Centralizado. Direita. Completo.
Como aplicar colunas ao texto? Selecionar o texto, clicar no menu Inserir, colunas e escolher o número desejado de colunas. Selecionar o texto, clicar no menu Formatar, colunas e escolher o número desejado de colunas. Selecionar o texto, clicar no menu Tabela, colunas e escolher o número desejado de colunas. Selecionar o texto, clicar no menu Layout da Página, colunas e escolher o número desejado de colunas.
Os ícones N, I, S são respectivamente: Negrito, inclinado, sublinhado. Negrito, inclinado, separado. Negrito, itálico, sublinhado. Negrito, itálico, suspenso.
Dando um duplo clique em uma palavra, qual ação corresponde? Exibe informações sobre correção ortográfica. Seleciona a palavra inteira. Deleta a palavra. Nenhuma das alternativas.
Qual o significado de uma palavra sublinhada em verde e vermelho, respectivamente Erro de gramatica e ortografia. Erro de ortografia e gramatica. Erro de ortografia e idioma diferente. Erro de gramatica e idioma diferente.
O que NÃO é função de um papel timbrado? Certificado Cartas Empresariais Promoção da empresa E-mail.
PROVA PRÁTICA TIPO 2 – EDITOR DE TEXTOS WORD Formate o texto seguinte de acordo com as instruções abaixo: 1 - Margens: a) Superior: 2,0 cm b) Inferior: 2,0 cm c) Esquerda: 3,0 cm d) Direita: 3,0 cm 2 - Fonte: Arial 3 - Tamanho da fonte: 9 4 - Espaçamento: 1,15 5 - Alinhamento do texto: esquerda 6 - Espaçamentos entre parágrafos de um espaço de 1,15 7 - Título: a) 2 (dois) espaços de 1,15 entre linhas antes de começar o texto b) Tamanho da fonte: 12, itálico, alinhado à esquerda, caixa alta 8 - Notas de rodapé a) Tamanho da fonte: 9, itálico, alinhamento à esquerda 9 - Tabela a) Composição: 5 colunas, 4 linhas, colocar todas as bordas b) 2 (dois) espaços de 1,15 entre linhas antes de inserir o título da tabela c) Tamanho da fonte: 9 d) Espaçamento: simples e) Título: Caixa alta, alinhado à esquerda f) Ano, Maio, Junho, Julho e Total do Período em negrito e iniciando com a primeira letra maiúscula g) Alinhamento das células:centralizar o texto verticalmente e alinhá-lo do lado esquerdo da célula h) Legenda da tabela: espaçamento simples, negrito, alinhamento a esquerda, fonte 9. i) Utilizar a função: “Ajustar-se automaticamente à janela” para definir o tamanho da coluna e da linha j) Alinhamento da tabela: centralizado no texto DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA CHEGA AO MENOR ÍNDICE1 O desmatamento na Amazônia, de acordo com o sistema DETER (Detecção de Desmatamento em Tempo Real) do Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (INPE), registrou queda de 46% entre agosto de 2008 e julho de 2009. Este é o menor índice acumulado desde maio de 2004. No entanto, André Lima, coordenador do projeto Políticas Públicas para a Redução do Desmatamento do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) afirma que “a diferença em relação as anos anteriores é que a curva de maio a julho para 2009 é ascendente, o que pode indicar uma tendência de retomada do desmatamento, principalmente no Pará.” João Paulo Capobianco, ex secretário executivo do Ministério do Meio Ambiente (MMA), acredita que os indícios de diminuição apresentam um papel importante nos índices de desmatamento pois reforçam o processo de redução que acontece desde 2004. “Essa tendência de queda teve uma interrupção em 2008, principalmente devido à valorização das comodities agropecuárias. Esses fatores foram identificados e foram tomadas medidas mais severas contra o desmatamento, mantidas pelo atual ministro, Carlos Minc. Essas medidas são vitais para impedir uma retomada de tendência de desmatamento na região”. Copobiano destaca, porém, que é preciso avaliar o aumento do desmatamento registrado no final da série. “É preciso investigar para saber por que houve esse aumento e se serão necessários ou não ajustes nas medidas de controle. O processo na Amazônia é dinâmico e muda conforme as ações de comando e controle”, avalia. Abaixo segue a tabela referente ao desmatamento na Amazônia nos meses de maio, junho e julho dos anos de 2007, 2008 e 2009: DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA – DETER – MAIO A JULHO (KM2 ) Ano Maio Junho Julho Total do período 2007 1222 1398 1025 3645 2008 1096 870 323 2289 2009 123 578 836 1537 Fonte: Ministério Público do Meio Ambiente ACABEI PARTE PRATICA NÃO ACABEI PARTE PRATICA.
Digite o texto da página seguinte de acordo com as instruções abaixo: 1 - Margens: a) Superior: 1,27 cm b) Inferior: 1,27 cm c) Esquerda: 1,27 cm d) Direita: 1,27 cm 2 - Fonte: Tahoma 3 - Tamanho da fonte: 9,5 4 - Espaçamento: 2,0 5 - Alinhamento do texto: justificado 6 – Espaçamento entre parágrafos: antes 0,depois 0 7 - Título: a) 1 (um) espaço de 2,0 entre linhas antes de começar o texto b) Tamanho da fonte: 16, sublinhado, alinhado à direita 8 - Notas de rodapé a) Tamanho da fonte: 9, alinhamento à esquerda Nascer no Brasil: pesquisa revela número excessivo de cesarianas1 O Brasil apresenta alto índice de cesarianas e, no setor privado, a situação é ainda mais alarmante. A conclusão é da pesquisa Nascer no Brasil, coordenada pela Fiocruz, em parceria com diversas instituições científicas do país e que foi divulgada nesta quinta feira (29/05). O estudo, o maior já realizado sobre parto e nascimento no Brasil, revela que a cesariana é realizada em 52% dos nascimentos, sendo que, no setor privado, o valor é de 88%. A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é de que somente 15% dos partos sejam realizados por meio desse procedimento cirúrgico. Segundo a coordenadora de pesquisa, Maria do Carmo Leal, o número excessivo de cesarianas expõe desnecessariamente as mulheres e os bebês aos riscos de efeitos adversos no parto e nascimento. “O índice elevado de cesarianas se deve a uma cultura arraigada no Brasil de que o procedimento é a melhor maneira de se ter um filho. Em parte porque, no Brasil, o parto normal é realizado com muitas intervenções e dor”, esclarece. O estudo aponta que quase 70% das brasileiras desejam um parto normal no início da gravidez. Entretanto, poucas foram apoiadas em sua preferência pelo parto normal: nos serviços privados, esse valor foi de apenas 5% para aquelas que estavam em sua primeira gestação. “Há certamente uma influência do pré-natal na decisão das mulheres pelo tipo de parto, mas as amigas e os familiares também influenciam. Não se pode, entretanto, deixar de destacar que é uma visão equivocada achar que a cesariana é a forma mais segura para parir”, explica Maria do Carmo. Na tabela abaixo, podem-se conferir os índices de cesarianas realizadas por meio de planos de saúde por país: ACABEI NÃO ACABEI.
Report abuse Terms of use
We use cookies to personalize your experience. If you continue browsing you will be accepting its use. More information.