Gestao da tecnologia da informacao

INFO
STADISTICS
RECORDS
Title of test:
Gestao da tecnologia da informacao

Description:
TI nas Organizações – Estratégia e Conceitos - Ud I

Author:
ST Ramos
(Other tests from this author)

Creation Date:
10/07/2018

Category:
Others
Click 'LIKE' to follow the bests test of daypo at facebook
Last comments
No comments about this test.
Content:
As mudanças proporcionadas pela internet permitiram o surgimento da economia digital. Assinale as afirmativas CORRETAS: a. Trata-se de uma economia baseada em tecnologias digitais, às vezes chamada economia da internet, nova economia ou economia web. b. O termo economia digital também se refere à convergência de tecnologias de computação e comunicação através da internet e outras redes, e o fluxo resultante de informações e tecnologia que está estimulando transações eletrônicas e uma ampla transformação organizacional c. A Cauda Curta é viabilizada pela redução dos custos para alcançar nichos. Na curva tradicional, a cauda não existe, pois não há a oferta de tanto conteúdo quanto na era digital.
Três forças possibilitam a redução dos custos. Selecione a opção incorreta: a. Democratização da produção: os computadores pessoais, as câmeras digitais, os softwares de tratamento de imagem e vários outros propicia ram que muito mais pessoas produzam conteúdo. b. Democratização da distribuição: a internet converteu todos em distribuidores; um cadastro no eBay torna uma pessoa um distribuidor de conteúdo. c. Ligação entre oferta e demanda: a apresentação dos bens para os consumidores é impulsionada pela internet, através do Google, iTunes, blogs, etc. d. Democratização da demanda: a apresentação dos bens para os consumidores é impulsionada pela internet, através do Google, iTunes, blogs, etc.
Selecione as afirmativas corretas acerca das Empresas Digitais: a. são aquelas em que praticamente todos os relacionamentos empresariais significativos com clientes, fornecedores e funcionários são habilitados e mediados digitalmente. b. são aquelas onde os processos de negócios essenciais e os principais ativos corporativos são gerenciados por meio de redes digitais que abrangem toda a organização ou que interligam múltiplas organizações. c. A empresa digital adota uma infraestrutura própria de informações cruciais, que exige um ambiente modular e interoperável, com arquiteturas digitais que interconectam o extremo da rede. d. Apesar de ser digital não há nela uma dependência quase total de um conjunto de Tecnologias de Informação (TI). A TI é importante, mas não é a ferramenta primordial de administração da empresa.
Há quatro níveis de envolvimento dentro da Geração V que refletem a extensão na qual clientes irão interagir com outros clientes, bem como o nível de interação necessária para os negócios tornarem essa comunidade possível. Esses níveis são: a. Criadores – Até 3% dos indivíduos: geram conteúdo original e promovem produtos e serviços. b. Contribuintes – Entre 3 e 10% dos indivíduos: essencialmente seguidores, agregam valor a uma interação, mas não a iniciam. Eles podem recomendar produtos e serviços. c. Oportunistas – Entre 10 e 20% dos indivíduos: podem promover contribuições às decisões de compra e adicionar valor a uma interação enquanto consideram uma determinada compra. d. Observadores – Aproximadamente 80% dos indivíduos colhem os frutos da comunidade on-line, mas somente absorvem o que está sendo comunicado.
No contexto de marketing das empresa, acredita-se que deva se pensar, projetar e vender para perfis virtuais, não para pessoas. Os perfis representam a personalidade que o indivíduo assume naquela interação virtual. A Geração V se comunica on-line através de seus perfis, e não de si próprias. Sendo assim, descobrir a verdadeira identidade do cliente se torna irrelevante. As empresas, portanto, criarão ambientes virtuais múltiplos e interativos como uma forma de direcionar a exploração do consumidor até o momento da compra. Essa afirmativa é: Verdadeira Falsa.
Segundo a revista Forbes (2008), o crescimento da Geração V é uma consequência direta da consumerização de Tecnologia da Informação. Essa geração pode ser caracterizada por três atributos chave de comportamento: a. Uso da tecnologia como uma ferramenta para facilitar a comunicação, que não é limitada por barreiras geográficas. b. Desejo de participar através do envolvimento em comunidades globais, utilizando perfis. c. Crença em um ambiente meritocrático, em que o valor da colaboração, o valor do “nós” é mais poderoso e valioso do que o “eu”, e que o compartilhar aumenta o valor das coisas ao invés de diminuí-lo ou acabá-lo. d. Crença em um ambiente participativo, em que o valor da colaboração, o valor do “nós” é mais poderoso e valioso do que o “eu”, e que o compartilhar aumenta o valor das coisas ao invés de diminuí-lo ou acabá-lo.
Acerca das Tendências em Tecnologia da Informação é incorreto afirmar: a. A maior tendência apontada pela empresa de consultoria Gartner Group para os próximos anos é o aumento da mobilidade, com a invasão dos dispositivos móveis. b. Um dos desafios que os gerentes de tecnologia devem enfrentar atualmente é o gerenciamento desses dispositivos móveis utilizados por seus colaboradores. c. A consumerização é o fenômeno no qual as tecnologias são originadas, selecionadas e desenvolvidas no mundo dos usuários ao invés de nos departamentos de TI das organizações. d. Outra forte tendência em Tecnologia da Informação é o chamado Big Data, já que a quantidade de dados capturados, produzidos e armazenados pelas empresas cresce exponencialmente a cada dia. e. A “internet das coisas” ou, em inglês, “internet of things - IoT” não figura como causa do crescimento atual de dados. A “internet das coisas” passará a se chamar a “internet de tudo” ou, em inglês, “internet of everything”(IoE), que acontecerá devido à convergência de pessoas, processos, dados e coisas.
Acerca do Planejamento e Estratégia de TI selecione as opções corretas: a. Planejamento de longo prazo: Especificam as orientações gerais em termos de infraestrutura e dos requisitos dos recursos para atividades de TI em um intervalo de tempo de cinco a dez anos no futuro. b. Planejamento de médio prazo: Contém aqueles projetos que levarão mais de um ano para serem concluídos e estão em consonância com os planos de longo prazo. c. Planejamento tácito ou de curto prazo: Contém orçamentos e agendas para os projetos e as atividades no ano atual. d. Planejamento sumarizado: Contém orçamentos e agendas para os projetos e as atividades para execuções emergenciais.
Os planos de longo prazo costumam ser chamados de PETI – Planejamento Estratégico de Tecnologia de Informação. Por serem de longo prazo, tratam de questões que nortearão a TI da empresa nos anos subsequentes. Um dos assuntos normalmente endereçados pelos planejamentos estratégicos de TI é a questão da governança de TI. Selecione verdadeiro ou Falso para a afirmação acima: Verdadeiro Falso.
Acerca do Planejamento e estratégia de TI é correto afirmar: Os planos de longo prazo costumam ser chamados de PETI – Planejamento Estratégico de Tecnologia de Informação. Por serem de longo prazo, tratam de questões que nortearão a TI da empresa nos anos subsequentes. A governança de TI é um braço da governança corporativa, que surgiu da necessidade de haver mais transparência nas organizações. A governança de TI também visa dar mais transparência aos stakeholders, através da utilização de controles. A a governança de TI veio para auxiliar as organizações a enfrentar os desafios corporativos e os requisitos reguladores maiores e mais complexos a cada dia. A implementação efetiva da governança de TI só é possível com o desenvolvimento de um framework organizacional específico. O CobiT é o mais utilizado. A premissa mais importante da governança de TI é o alinhamento entre as diretrizes e objetivos estratégicos da organização com as ações de TI.
Em uma organização, faz parte da governança de TI, por exemplo, a formação de alguns comitês de gestão de TI. Nos comitês de gestão acontecem reuniões periódicas e cada um fornece insumos para o outro. Selecione as opções corretas acerca dos comitês de gestão: a. A gestão do portfólio visa garantir que as prioridades de TI e do negócio estejam alinhadas e que o portfólio de aplicações da empresa atenda o negócio a nível estratégico, tático e operacional. b. A gestão de projetos, muitas vezes realizada ou alinhada por um escritório de projetos, tem o objetivo de gerenciar os projetos em suas diferentes esferas: escopo, cronograma, custo, stakeholders, benefícios, riscos e problemas, promovendo sinergias entre os projetos. c. A governança é uma das metodologias e ferramentas disponíveis que facilitam o planejamento de TI. d. A premissa mais importante da governança de TI é o alinhamento entre as diretrizes e objetivos estratégicos da organização com as ações de TI, existindo somente o alinhamento da TI com os objetivos das unidades de negócio.
Dentre as metodologias e ferramentas disponíveis que facilitam o planejamento de TI, podemos destacar: a. A governança - é um braço da governança corporativa, que surgiu da necessidade de haver mais transparência nas organizações b. O Modelo do planejamento de sistemas de negócio (BSP), desenvolvido pela IBM, inicia-se com a análise das estratégias de negócio. Levanta os processos de negócio e as classes de dados envolvidas nos processos, e estes se tornam a base de uma arquitetura de informação. A partir dessa arquitetura são definidos os bancos de dados organizacionais e identificadas as aplicações que darão suporte às estratégias de negócio. c. Planejamento de cenários - A organização elabora hipóteses que podem ocorrer no futuro e procura desenvolver sua estratégia tendo em mente essas diferentes possibilidades. Os cenários são projetados a partir do estudo das variáveis externas à organização sobre as quais não tem controle. d. Service-Oriented Architecture (SOA) - possibilita mais flexibilidade. Os desenvolvimentos são pensados em termos de serviços, integrando a TI e as linhas de negócio, promovendo assim um alinhamento maior entre eles, e aumentando a velocidade de resposta às demandas em rápida e constante mudança. O SOA também provê um modelo arquitetural para integrar os serviços de parceiros de negócios, clientes e fornecedores em um processo de negócio da empresa, o que reduz custos e aumenta a satisfação do cliente. e. Business Process Management (BPM) - é uma abordagem sistemática que foca na otimização das operações do negócio, tornando o [ workflow organizacional ] mais eficiente e capaz de se adaptar às mudanças. Possui grande ênfase na melhoria contínua dos processos, documentando-os, gerenciando seus ciclos de vida e procurando eliminar ineficiências. f. A arquitetura empresarial - é uma combinação de diversas outras arquiteturas: TI, infraestrutura, sistemas, negócio, dados, processos, etc. Há várias definições diferentes, muitas vezes sobrepostas ou mesmo divergentes, e as empresas trabalham com diferentes níveis de arquiteturas.
Acerca dos modelos das forças competitivas e da cadeia de valores de Michael Porter é correto afirmar: a. São ferramentas importantes a serem utilizadas, respectivamente, na análise do potencial dos Sistemas de Informação em uma organização e também como base para explicar o suporte que a TI pode oferecer para as operações da empresa. b. O modelo analítico da competição entre as empresas considera cinco forças competitivas para desenvolver uma estratégia empresarial eficiente c. A concorrência em uma indústria depende de cinco forças competitivas básicas, cujo conjunto determina o potencial de lucro final na indústria.
O modelo de forças competitivas de Porter identifica cinco forças no ambiente de uma organização que influenciam a concorrência. Selecione-as a seguir: a) Ameaça de novos entrantes - O início das operações de uma nova empresa pode ser considerado uma nova entrada ou a aquisição de uma empresa já existente na indústria para construir uma posição no mercado. Em ambos os casos há uma ameaça, uma vez que novos recursos são introduzidos na indústria, podendo causar uma queda nos preços ou aumentos dos custos dos participantes. b) Rivalidade entre as empresas existentes - A intensa rivalidade entre as empresas existentes é consequência da interação de vários fatores estruturais. c) Ameaça de produtos ou serviços substitutos - Os produtos substitutos reduzem os retornos potenciais de uma indústria, colocando um teto nos preços que as empresas podem fixar com lucro. Quanto mais atrativa for a alternativa de preço-desempenho oferecida pelos produtos substitutos, mais firme será a pressão sobre os lucros da indústria. d) Poder de negociação dos compradores - Quanto mais poder estiver nas mãos dos compradores, mais sujeita estará a indústria a uma guerra de preços ou a uma constante necessidade de oferecer mais qualidade ou mais serviços. e) Poder de negociação dos fornecedores - Os fornecedores podem exercer poder na indústria elevando preços ou reduzindo a qualidade dos bens e serviços prestados. f) Poder de influenciação da grandes mídias - Os consumidores podem sofrer poder de persuasão elevando preços ou reduzindo a qualidade dos bens e serviços prestados.
Segundo Porter, algumas barreiras de entrada. O tamanho da ameaça está diretamente relacionado às barreiras de entrada da indústria, ou seja, às dificuldades que um novo entrante deverá enfrentar e superar. Selecione as afirmativas corretas acerca das barreiras de entrada mencionada por Porter: a. Economias de escala: Referem-se aos declínios nos custos unitários de um produto (ou operação ou função que entra na produção de um produto), à medida que o volume absoluto por período aumenta. Podem estar presentes em qualquer parte da cadeia de valores. b. Diferenciação do produto: As empresas que estão no mercado há mais tempo já têm grande reconhecimento de sua marca e conquistaram a lealdade dos clientes a seus produtos. Os custos para construir uma marca e fidelizar os clientes são muito altos; se não atingem o objetivo, não têm valor residual. c. Necessidades de capital: Refere-se à quantidade de recursos financeiros que devem ser injetados para entrar em uma indústria. Quanto mais alta, maior é essa barreira de entrada, especialmente em atividades de alto risco. d. Custos de mudança: Representa os custos que o comprador tem quando troca de fornecedor. Quando esses custos são altos, a empresa entrante precisa oferecer uma significativa redução no custo do produto ou serviço ou uma diferenciação que traga vantagens ao comprador que compensem os custos de mudança. e. Acesso aos canais de distribuição: Essa barreira pode ser tão alta que o novo entrante precise criar um canal de distribuição completamente novo. f. Desvantagens de custo independentes de escala: • Tecnologia patenteada do produto; • Acesso favorável às matérias-primas; • Localizações favoráveis; • Subsídios oficiais; • Curva de aprendizagem ou de experiência.
Para enfrentar as forças competitivas Porter (1986) propõe três estratégias competitivas genéricas para buscar a liderança na indústria. Selecione as três estratégias competitivas genéricas: 1. Liderança no custo total: atingir a liderança no custo total através de um conjunto de políticas funcionais orientadas para esse objetivo. 2. Diferenciação: diferenciar o produto ou o serviço oferecido pela empresa, criando algo que seja considerado único ao âmbito de toda a indústria. 3. Enfoque: focar em um determinado grupo comprador, segmento da linha de produtos ou mercado geográfico. 4. Persistência: focar em um determinado grupo comprador, apresentando uma linha de produtos constante.
Selecione as alternativas verdadeiras: a. o modelo de cinco forças é utilizado na análise das forças competitivas de uma indústria. b. o modelo da cadeia de valor de Porter é amplamente utilizado na análise das atividades da empresa e na identificação de suas fontes de vantagem competitiva. c. Uma empresa é rentável se o valor que impõe a seus produtos ultrapassa os custos envolvidos na sua produção. d. A Tecnologia da Informação passou a permear todos os pontos da cadeia, transformando a maneira como as atividades de valor são desempenhadas e a natureza do elo entre elas. Infelizmente não afetou o escopo competitivo e a reformulação da maneira como os produtos satisfazem às necessidades dos compradores.
As atividades de valor são divididas em: a. Atividades primárias: aquelas diretamente envolvidas na criação do produto. b. Atividades de apoio: aquelas que atendem cada atividade em separado, mas também os processos da cadeia como um todo. c. Atividades secundárias: aquelas não estão diretamente envolvidas na criação do produto.
Report abuse Terms of use
We use cookies to personalize your experience. If you continue browsing you will be accepting its use. More information.